Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso desejoso pelo primeira embate do ano

Dovizioso desejoso pelo primeira embate do ano

Com a grande oportunidade de correr com uma máquina de fábrica este ano, Andrea Dovizioso está apostado em tirar o máximo partido do conjunto que tem ao seu dispor já na primeira ronda de 2009.

Andrea Dovizioso foi uma lufada de ar fresco no ano passado no MotoGP, terminando como o melhor piloto privado em quinto da geral após campanha de estreia na categoria rainha muito consistente com a JiR Team Scot.

Prestes a iniciar a segunda temporada no MotoGP no Commercialbank Grande Prémio do Qatar deste fim-de-semana, a passagem para a Repsol Honda foi uma “promoção” por parte da HRC em reconhecimento da sua lealdade e árduo trabalho.

Os testes de Inverno não foram fáceis para o jovem italiano, já que teve de se adaptar a rodar com pneus Bridgestone e teve a responsabilidade acrescida inerente ao facto de ser piloto oficial. Além disso, as lesões do companheiro de equipa Dani Pedrosa que o deixaram de fora durante boa parte da pré época fizeram com que Dovizioso estivesse sob mais pressão, bem como o seu chefe de equipa Pete Benson para terem a RC212V bem preparada para 2009.

O antigo Campeão do Mundo de 125cc fez espectacular entrada no MotoGP no ano passado quando se qualificou em nono e terminou em quarto no Qatar, batendo o ilustre compatriota Valentino Rossi no processo.

Garantindo o primeiro pódio do ano com o terceiro posto na penúltima ronda, em Sepang, “Dovi” terminou com mais uma forte prestação ao garantir o quarto posto em Valência no final da época passada – e agora fará tudo para dar continuidade a esse tipo de prestações no início deste ano.

“Estou mesmo desejoso por começar a época,” afirma. “Este foi o meu primeiro Inverno como piloto de fábrica da Honda e estar numa equipa oficial é uma experiência excitante. Agora a preparação está terminada e é altura de começarmos a correr.”

“Gosto de correr no Qatar e rodar à noite é muito especial. Tem uma atmosfera única e o desenho do traçado é diferente do de outros circuitos, em particular nas curvas que são muito longas e onde não é fácil conseguir velocidades elevadas. Mesmo assim, tive sempre bons resultados no Qatar e no ano passado, na minha estreia no MotoGP, fiz uma corrida fantástica.”

Comentando o seu sétimo posto no Prémio BMW M no Teste Oficial de MotoGP de Jerez e que marcou o final da pré época, o italiano disse: “No último teste em Jerez a nossa moto melhorou face ao ensaio do Qatar no início de Março, pelo que estou confiante para a primeira corrida da temporada e vou dar o melhor para lutar na frente da corrida.”

Tags:
MotoGP, 2009, COMMERCIALBANK GRAND PRIX OF QATAR, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›