Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa acusa De Angelis de “falta de respeito” em toque no Qatar

Pedrosa acusa De Angelis de “falta de respeito” em toque no Qatar

Toque entre entre dupla da Honda leva a palavras mais duras da estrela espanhola.

Dani Pedrosa teve uma das corridas mais atribuladas da sua carreira na categoria rainha no Qatar e mereceu mesmo os cinco pontos que conquistou na primeira ronda do Campeonato do Mundo de MotoGP. A correr lesionado, o espanhol esteve muito perto de ver a sua corrida terminar mais cedo aquando da colisão com Alex de Angelis e no final proferiu duras palavras em relação ao piloto de São Marino depois de terminar em 11º.

“Ele veio directo a mim, eu estava na frente e ele veio directo a mim para me fechar. (Ele)... não mostrou qualquer respeito, mas a vida vai retribuir-lhe o favor,” afirmou o piloto da Repsol Honda, que esteve em luta com De Angelis e Chris Vermeulen aquando do incidente. Vermeulen passou por ele, mas De Angelis tentou tirar partido da situação tocando no espanhol e acabando por ser chamado a uma reunião dos comissários após a corrida.

Para Pedrosa – longe de estar fisicamente a 100% depois da operação à perna e braço – a colisão afectou seriamente a sua capacidade de ganhar mais posições e podia mesmo ter agravado o estado das suas lesões.

“Ao cabo de oito ou nove voltas na frente comecei a sentir algumas vibrações e não sabia qual o motivo das mesmas. Finalmente comecei a perder aderência e quando o De Angelis me tocou comecei a sentir dores no ombro. Talvez não seja nada, mas vou ter de o verificar na mesma.”

Pedrosa acabou por conseguir manter a 11ª posição, terminando à frente do antigo companheiro de equipa Nicky Hayden num duelo até final.

Tags:
MotoGP, 2009, COMMERCIALBANK GRAND PRIX OF QATAR, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›