Compra de bilhetes
VideoPass purchase

De Puniet insatisfeito com décimo posto

De Puniet insatisfeito com décimo posto

No início da sua segunda temporada com a LCR Honda Randy de Puniet ficou descontente por ter terminado em 10º no Qatar depois de se qualificar em sétimo.

O Commercialbank Grande Prémio do Qatar, em que a corrida de MotoGP foi adiada para a noite de segunda-feira, foi frustrante para Randy de Puniet que terminou em décimo, queixando-se de problemas com a sua RC212V satélite.

Regressando aos pneus Bridgestone esta época, o piloto talvez necessite de se adaptar melhor à nova era de fornecedor único de pneus, mas mesmo assim o gaulês de 28 anos retira aspectos positivos da ronda do deserto.

A sétima posição de De Puniet na qualificação foi um bom início e o resultado na corrida representou apenas a segunda vez que o piloto logrou terminar no Qatar, isto depois do nono lugar em 2008 e das quedas na primeira volta da corrida de MotoGP de 2006 e na oitava de 2007.

De facto, um dos principais objectivos de De Puniet esta temporada é apenas manter a sua moto em pé e somar pontos com regularidade para a LCR Honda e depois das muitas quedas na campanha de 2008 o seu director desportivo Lucio Cecchinello deve estar muito contente com o Top 10 na corrida de segunda-feira à noite.

Mas para o próprio piloto a visita ao Circuito Internacional de Losail foi claramente uma desilusão depois de terminar atrás de pilotos como Alex de Angelis (San Carlo Honda Gresini) e do estreante da Ducati Mika Kallio (Pramac Racing), ambos a terem começado atrás do francês.

Olhando para o embate de 22 voltas De Puniet afirmou: “Estou um pouco desapontado porque esperava melhor resultado depois da minha prestação nas sessões de treinos. Fiz uma boa partida e depois disso pensei que a corrida seria fácil. Mas comecei a sentir problemas de aderência no pneu frontal. Foi um pouco perigoso e dei o meu melhor para gerir a corrida.”

Ele continuou: “Foi estranho porque não tive essa sensação durante todo o fim-de-semana e foi como rodar com pneu macio. O objectivo era um resultado nos dez primeiros, mas podia ter feito melhor em condições diferentes. De todas as formas, vamos analisar os dados para sermos mais competitivos no Japão.”

Tags:
MotoGP, 2009, COMMERCIALBANK GRAND PRIX OF QATAR, Randy de Puniet, LCR Honda MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›