Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Smith frustrado com primeira corrida das 125cc

Smith frustrado com primeira corrida das 125cc

A corrida de quatro voltas das 125cc do fim-de-semana passado foi a mais curta da história do Campeonato do Mundo e deixou Bradley Smith a desejar que tivesse havido um pouco mais de tempo para demonstrar as suas capacidades no Qatar.

O início de campanha de Bradley Smith em 2008 no Qatar foi um desastre ao terminar em 16º depois de partir da pole, mas o início da época de 2009 também não começou de forma ideal para o jovem britânico.

Ao serviço da muito competitiva Bancaja Aspar naquela que é a sua quarta temporada no Campeonato do Mundo, muito se espera do jovem piloto de Oxfordshire este ano e ao conseguir o segundo posto da grelha no Circuito Internacional de Losail, depois de boa pré época, tudo se colocava no lugar para um resultado no pódio.

Contudo, os elementos tiveram palavra a dizer. Após a fraca partida de Smith e a queda para a oitava posição na primeira volta, o jovem era quinto quando foram apresentadas as bandeiras vermelhas e com o piorar da chuva os pilotos das 125cc não puderam voltar à pista, o que resultou em metade dos pontos do campeonato para todos os pilotos.

“Fiquei muito desapontado em parte por causa da minha largada não ter sido boa, mas também porque foi uma corrida muito estranha,” lamentou Smith. “Penso que teria sido melhor cancelar a corrida do que pará-la ao cabo de quatro voltas, mas foi essa a decisão e não há mais nada a fazer.”

Mantendo a cabeça erguida o piloto disse ainda: “Temos de ver o lado positivo das coisas porque só estou a 7,5 pontos da frente do campeonato. Agora temos apenas de nos concentrar no Japão e em conseguirmos bom resultado em Motegi, local onde esperamos fazer a corrida completa e estar ao nosso mais alto nível.”

Tags:
125cc, 2009, COMMERCIALBANK GRAND PRIX OF QATAR

Outras actualizações que o podem interessar ›