Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Edwards: “Um bom início de época depois de fraco início de corrida”

Edwards: “Um bom início de época depois de fraco início de corrida”

Na primeira corrida com a Bridgestone, Colin Edwards caiu de sexto da grelha para nono na primeira volta, mas depois levou a cabo brilhante recuperação para terminar em quarto.

Com a época de 2009 de MotoGP a acabar por começar na noite de segunda-feira devido ao adiamento da corrida da categoria rainha por causa da chuva que afectou o Commercialbank Grande Prémio do Qatar, Colin Edwards conseguiu sobrevir à luta da primeira curva para recuperar posições e terminar em quarto.

O veterano norte-americano ficou logo atrás dos homens do pódio Casey Stoner, Valentino Rossi e Jorge Lorenzo, fazendo com que fossem três as máquinas da Yamaha nos quatro primeiros.

Foi uma clara melhoria face ao sétimo posto de Edwards em 2008 no Qatar, além de um desfecho merecido para o piloto da Monster Yamaha Tech3 que recuperou várias posições para somar 13 pontos depois de ter visto um resultado nos dez primeiros ser colocado em causa devido a uma primeira volta para esquecer.

Ele explicou: “Foi um bom início de época depois de feito uma péssima partida. Pensei que tinha feito uma boa largada, mas quando me apercebi tinham todos passado por mim a voar. Fiquei muito para trás e isso custou-me a luta por uma posição no pódio. Não estou a dizer que podia ter rodado com o Jorge (Lorenzo), porque ele esteve muito bem, mas tinha sido bom tentar.”

Reconhecendo os preparativos levados a cabo para que a corrida fosse possível, com o asfalto a ser limpo durante o dia de segunda-feira, Edwards continuou: “As condições da pista estavam boas quando se tem em conta o que tivemos na noite de domingo e limitei-me a concentrar-me numa corrida suave e sem abusar dos pneus.”

“Acabou por valer a pena porque quando apanhei o (Andrea) Dovizioso vi que ele tinha alguns problemas. Quando o passei e subir a quarto o Jorge já muito que já estava longe e seria preciso um grande erro da parte dele para conseguir aproximar-me, mas continuei a puxar. Gostava de pensar que teria sido capaz de acompanhar o ritmo do Jorge se tivesse feito uma boa partida, mas isso é sempre fácil de dizer depois do final.”

Resumindo a sua primeira corrida com borrachas nipónicas, o piloto de 35 anos disse: “A aderência dos Bridgestone foi mesmo muito boa e estou contente por termos todos terminado a corrida. Quero apenas agradecer a todo o meu pessoal na Monster Yamaha Tech3. Foi um longo e difícil fim-de-semana, mas conseguimos, mantivemo-nos fortes e não perdemos a concentração e terminámos com um bom resultado, pelo que estou desejoso por mais uma boa corrida no Japão.”

Tags:
MotoGP, 2009, COMMERCIALBANK GRAND PRIX OF QATAR, Colin Edwards, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›