Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Cánepa vai para Motegi às escuras

Cánepa vai para Motegi às escuras

O piloto da Pramac Racing sofreu pequeno contratempo antes de ir para desconhecida pista japonesa.

Niccoló Cánepa é o único piloto da categoria rainha que vai para Motegi sem qualquer conhecimento da pista e já sofreu um contratempo a caminho do Polini Grande Prémio do Japão.

Felizmente para o italiano, a irreconciliável diferença não é entre a sua Ducati Desmosedici GP satélite e a pista do Extremo Oriente, mas antes o seu plano de preparação para o evento.

“O fim-de-semana nipónico não começou muito bem; trouxe a minha Playstation para aprender a pista de Motegi no jogo MotoGP, mas infelizmente o meu sistema é diferente do daqui e não posso jogar. Assim, vou ter de conhecer todos os segredos da pista na tarde de sexta-feira e na manhã de sábado durante as sessões de treinos livres,” revela o estreante da Pramac Racing, que roda pela primeira vez numa pista onde não testou em 2009.

“É uma pena. De todas as formas, do que vi na televisão não parece um circuito técnico e isso pode ajudar um piloto novo como eu. Começar do zero nunca é fácil, mas vou tentar fazer muito melhor que na minha estreia no Qatar, onde não estive muito bem.”

Cánepa estreou-se no MotoGP na primeira jornada da época na segunda-feira da semana passada, mas ficou insatisfeito com o 17º posto em que terminou a corrida.

Tags:
MotoGP, 2009, POLINI GRAND PRIX OF JAPAN, Niccolo Canepa, Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›