Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bridgestone espera tempo seco no novo asfalto de Jerez

Bridgestone espera tempo seco no novo asfalto de Jerez

Após dois Grandes Prémios muito complicados, a Bridgestone espera tempo seco em Espanha para a terceira ronda do ano, mas é claro que estão preparados para todas as eventualidades.

O MotoGP chega este fim-de-semana a Jerez para dar início à ronda de corridas europeias no mesmo traçado onde a Bridgestone se preparou ao longo de dois testes de Inverno para aquela que é a sua primeira temporada como fornecedora única de pneus à categoria rainha.

Dois fins-de-semana foram afectados pelo tempo, no Qatar e no Japão, o que tornou as coisas difíceis para a Bridgestone, pilotos e equipas de MotoGP enquanto se tentavam adaptar aos novos regulamentos de 2009. Apesar das condições terem sido adversas nas duas primeiras rondas do ano, todos reconhecem que a experiência foi importante.

Enquanto responsável pela Unidade de Competição de Motociclismo da Bridgestone, Hiroshi Yamaha diz: “Assistimos a algumas condições raras e complicadas nas duas primeiras corridas desta época, com a corrida do Qatar a ser adiada para segunda-feira e com chuva torrencial em Motegi a cancelar as qualificações. Estou desejoso por voltar à Europa este fim-de-semana onde esperamos que o tempo seja muito melhor. Assistimos a boa corrida no Japão, o que me deixou satisfeito, e estou certo que se poderá assistir ao mesmo em Espanha.”

A terceira corrida da temporada traz consigo também uma estratégia de pneus diferente para a Bridgestone. Tendo optando por slicks de compostos macios e médios para a frente e para trás nas duas últimas corridas, a natureza do traçado espanhol faz com que os pilotos necessitem de frontais mais duros.

Tohru Ubukata, responsável pelo Desenvolvimento de Pneus de Competição em duas rodas da Bridgestone, explica: “O circuito de Jerez foi totalmente reasfaltado desde o ano passado, pelo que penso que isso fará diferença em termos de prestação dos pneus, se bem que temos já a experiência do teste de pré época no final de Março. Antes era muito irregular e agora está muito mais plano, o que exige menos em termos de construção dos pneus para absorção de ressaltos, mas o piso é mais abrasivo, pelo que optámos por um composto mais duro para a frente para aumentar a durabilidade.”

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA

Outras actualizações que o podem interessar ›