Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Suzuki pragmática com resultado de Jerez

Suzuki pragmática com resultado de Jerez

Depois de se terem apresentado em boa forma na pré época em Jerez, Loris Capiorissi e Chris Vermeulen podiam querer mais que os respectivos sexto e décimo postos em que terminaram, mas continuaram optimistas depois da corrida.

Foi mais um fim-de-semana sólido para a Rizla Suzuki no Grande Prémio bwin.com de Espanha, com Loris Capirossi e Chris Vermeulen a terminarem ambos de novo nos dez primeiros e a igualarem na corrida os resultados que conseguiram na qualificação.

Uma boa demonstração por parte de ambos os pilotos na pré época nesta mesma pista pode ter-lhes dado esperanças de maior competitividade na terceira ronda, mas depois de terem terminado em sexto Capirossi afirmou que ainda é necessária mais potência para a GSV-R dar o próximo passo em frente.

“Não foi uma corrida brilhante, mas tive uma boa luta com o Colin (Edwards) e o Marco (Melandri) e no final consegui ultrapassar o Colin. Mas este tipo de resultados não são o nosso objectivo,” afirmou Capirossi. “Necessitamos de um motor um pouco mais forte e é por isso que a Suzuki ainda está a trabalhar arduamente nessa matéria.”

Por seu lado, depois do segundo resultado nos dez primeiros no espaço de uma semana, Vermeulen já olhava para Le Mans como o lugar para colocar as coisas no sítio certo. Após bom Inverno, os nono e décimo posto da geral de Vermeulen e Capirossi, respectivamente, estão claramente abaixo das expectativas, mas a estrela australiana está desejosa por voltar a França, lugar onde venceu em 2007.

“É um lugar onde já ganhei, fui quinto no ano passado e fomos sempre rápidos lá,” afirmou Vermeulen. “É uma pista em que gosto muito de correr, por isso espero conseguir rodar para mais uma vitória.”

Resumindo a visita a Jerez, o patrão da equipa Paul Denning comentou: “Conseguimos igualar na corrida o resultado da qualificação, o que não é espectacular, mas sinceramente é o que podíamos esperar. Necessitamos de mais prestação da moto, mas a verdade é que o pneu mais duro que tínhamos não se adaptou bem aos nossos pilotos e moto.”

“É o mesmo para todos, pelo que espero a situação se inverta em breve num outro traçado, mas até lá vamos continuar a trabalhar arduamente para tirarmos o melhor do nosso conjunto nas próximas corridas.”

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMIO bwin.com DE ESPAÑA, Chris Vermeulen, Loris Capirossi, Rizla Suzuki MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›