Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner espera outro fim-de-semana duro

Stoner espera outro fim-de-semana duro

Recordando a pista onde no ano passado alcançou um 16º lugar de ‘pesadelo’, Casey Stoner antecipa mais um grande desafio este fim-de-semana em Le Mans.

Defendendo o seu melhor resultado de sempre na pista de Jerez na última corrida, Casey Stoner chega este fim-de-semana a outra pista ‘armadilha’, determinado em melhorar o seu recorde em solo francês .

O terceiro lugar no Grande Prémio de França em 2007 foi o único pódio de Stoner em Le Mans em qualquer categoria e, no ano passado, ficou em 16º.

De facto, a corrida de 2008 foi muito complicada para o australiano – e a primeira em que não pontuou com a Ducati – depois da sua mota ter começado a abrandar com problemas mecânicos e ter mudado para a segunda máquina, com pneus diferentes, enquanto a corrida era declarada ‘molhada’.

Contudo, Stoner espera uma corrida mais fácil no domingo e, depois de ter reforçado a sua confiança com o seu primeiro pódio na pista de Jerez na terceira ronda, ele está seguro que vai ultrapassar o desafio francês na quarta corrida do Campeonato do Mundo.

“Tivemos duas corridas que nos puseram à prova, mas saímos de lá com resultados dignos”, disse Stoner, que está em segundo lugar no Campeonato do Mundo com 54 pontos. “Tanto Motegi, como Jerez, têm características que nos trouxeram alguns problemas, especialmente as curvas apertadas onde a nossa mota não está a reagir como habitualmente.”

“Mesmo Le Mans é assim em alguns pontos, não é uma pista rápida, pelo contrário, é o clássico traçado de travar e acelerar, que exige bons travões, apesar de pudermos aproveitar algumas boas e divertidas rectas à saída das curvas. Vamos ver do que somos capazes quando lá chegarmos e quantos pontos conseguimos levar para casa.”

Ansioso por estar na pista, a estrela da Ducati acrescentou: “Vai ser uma longa temporada. Vimos isso com os três vencedores e três líderes do Campeonato nas primeiras três corridas e a realidade é que quatro de nós estão a poucos pontos do primeiro lugar. Não vale a pena fazer previsões, o importante é continuar a trabalhar bem e garantir que conseguimos tantos pontos quanto possível nas corridas em que sabemos que será difícil sair de lá com o resultado ideal.”

Tags:
MotoGP, 2009, GRAND PRIX DE FRANCE, Casey Stoner, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›