Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lüthi acusa Debón por acidente “incompreensível”

Lüthi acusa Debón por acidente “incompreensível”

O suíço aponta o dedo ao rival das 250cc pela colisão em Le Mans.

Bastava ver a reacção de Thomas Lüthi à sua queda em Le Mans para compreender que não estava nada contente com a manobra do rival Alex Debón e que colocou um ponto final na sua corrida. O piloto suíço foi colocado fora de acção pelo espanhol a nove voltas do final da corrida de 250cc num incidente que o aspirante o pódio, Lüthi, considerou muito arreliante.

“Tinha a certeza que ia terminar no pódio. A moto estava a rodar bem, há voltas que estava sozinho, e depois o Debón deixou a moto dele bater na minha roda traseira. Não faço a menor ideia que motivos o levaram a tentar esta manobra, é-me totalmente incompreensível o que ele tinha planeado,” disse enfurecido Lüthi após o final da corrida gaulesa e antes de continuar a apontar o dedo ao espanhol.

“Esta não foi a primeira vez que ele me colocou fora de prova com uma manobra sem sentido. Nem sequer me pediu desculpas, apesar de que tal seria inútil agora para mim. Vou voltar a encontrá-lo em pista,” continuou.

Debón aceitou a sua parte de culpa na desistência de Lüthi, apresentado a sua versão da história.

“Estava a fazer voltas rápidas e quando apanhei o Lüthi estava pronto para o ultrapassar. Perdi a frente quando travei e caí, e o facto de o ter levado comigo faz-me sentir-me mal,” disse o veterano que voltou à pista, mas acabou por sofrer mais uma queda que colocou ponto final no seu fim-de-semana.

Tags:
250cc, 2009, GRAND PRIX DE FRANCE, Alex Debon, Thomas Luthi, Aeropuerto-Castello-Blusens, Emmi - Caffe Latte

Outras actualizações que o podem interessar ›