Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Soberba vitória de Stoner no embate italiano

Soberba vitória de Stoner no embate italiano

Casey Stoner fechou o Grande Prémio Alice de Itália em grande estilo com a vitória em mais uma corrida de MotoGP molhada e seca.

Na segunda corrida “bandeira-a-bandeira” em duas jornadas Casey Stoner colocou ponto final na sequência de vitórias de Valentino Rossi em Mugello com uma prestação magnífica para dar à Ducati a primeira vitória no traçado.

Grande parte da corrida acabou por se decidir através da estratégia perante mais de 80.000 espectadores italianos enquanto os pilotos voltavam a começar uma corrida com piso molhado e terminarem as 23 voltas com slicks, com Stoner desta feita a levar a melhor.

O australiano recuperou a liderança do campeonato ao cruzar a linha de meta com um segundo de margem sobre o anterior líder Jorge Lorenzo, que também rodou bem depois de ter quase caído na volta de apresentação.

O companheiro de equipa de Lorenzo na Fiat Yamaha, Valentino Rossi, completou o pódio e deu por terminada a sequência de sete vitórias em Mugello. O italiano cruzou a linha de meta a dois segundos de Stoner e com menos de um décimo de margem para Andrea Dovizioso, da Repsol Honda.

Foi uma pena para Dovizioso ter falhado o pódio, uma vez mais, na última volta, isto depois de ter chegado a lidera a corrida no início com pneus de chuva. Da mesma foram, o compatriota Loris Capirossi (Rizla Suzuki) liderou durante algumas voltas, perto do final, mas acabou por cair para quinto.

James Toseland teve a coragem de ser o primeiro a trocar de moto quando rodava no final do pelotão e acabou por ficar muito perto de igualar o seu melhor resultado no MotoGP, sexto, ao ser batido pelo companheiro de equipa Colin Edwards na última volta e depois de ter também lutado com Randy de Puniet, da LCR Honda, que acabou em oitavo.

Niccolò Canepa (Pramac Racing) ficou muito contente com o facto de ter obtido o seu melhor resultado até ao momento ao ser o segundo melhor da Ducati com o nono posto em casa, com Chris Vermeulen (Rizla Suzuki) que fechou o Top 10.

Dani Pedrosa foi ao tapete na 14ª volta depois de já se ter magoado na anca no início do fim-de-semana. Ele agora vai ter de esperar para ver se está em condições de alinhar na sua corrida caseira na Catalunha, dentro de duas semanas. O piloto satélite da Honda Yuki Takahashi também caiu a 13 voltas do final.

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMIO D'ITALIA ALICE, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›