Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Variação de pneus dos três primeiros deixa Bridgestone satisfeita

Variação de pneus dos três primeiros deixa Bridgestone satisfeita

Variedade de escolhas serviu também para confirmar vasto leque de funcionamento das borrachas de 2009.

Pela primeira vez desde a introdução da regra de um só fornecedor de pneus os homens do pódio usaram combinação de compostos de pneus diferentes nas voltas efectuadas no seco no domingo. Casey Stoner, Jorge Lorenzo e Valentino Rossi terminaram todos a corrida com slicks diferentes, com produtos da sua confiança em cada composto, além de terem optado por alturas distintas para entrarem nas boxes e trocarem para motos de seco.

“Podemos atribuir isto a duas coisas: estilo de pilotagem e características individuais das motos,” analisou Tohru Ubukata, o responsável da Bridgestone pelo Departamento de Desenvolvimento de Pneus de Competição de Motos. “Em Mugello as características de cada máquina e os diferentes estilos de pilotagem são mais pronunciados por causa do desenho do traçado – muito rápido e fluído. Isto significa que diferentes compostos têm mais efeito em cada piloto e moto, pelo que as escolhas individuais são ainda mais importantes.”

“A escolha dos compostos slick foi feita tendo por base a experiência das equipas nas sessões de livres de qualificação de sábado, optando pelos compostos que viram que funcionavam para elas na altura. O que vimos é que os nossos pneus de chuva funcionam até à altura em que os pilotos podem trocar directamente para os nossos slicks.”

O Grande Prémio Alice de Itália assistiu à estreia do traseiro duro, usado por oito pilotos durante a parte seca da corrida de “bandeira-a-bandeira”, mas foi o frontal duro que mais impressionou Ubukata. As condições variadas ao longo do fim-de-semana mostraram que o regime de operação da borracha é suficiente para qualquer condições mais exigente e, ao mesmo tempo, mais seguro para os pilotos.

“Mesmo no molhado e com temperaturas frias, como tivemos na corrida, o composto mais duro dos slicks da Bridgestone funcionou muito bem e de forma consistente, o que mostra que a amplitude de temperatura até mesmo dos compostos médio e duro é o suficiente para responder a todas as condições de molhado a seco,” disse o responsável nipónico.

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMIO D'ITALIA ALICE, Xtrem Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›