Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista sobre Simoncelli, a corrida ao título e o MotoGP

Bautista sobre Simoncelli, a corrida ao título e o MotoGP

O motogp.com fala em exclusivo com Álvaro Bautista e sobre a possibilidade de passar para o MotoGP em 2010.

Ao cabo de cinco corridas do Campeonato do Mundo de 2009 Álvaro Bautista é o líder da classificação das 250cc com sete pontos de margem sobre o mais directo rival. Ele falou em exclusivo com o motogp.com esta semana.

P. Como avalias a época até ao momento?
R. Bem, temos estado nas posições da frente em quase todas as corridas e o campeonato está muito aberto porque houve vencedores diferentes em todas as corridas. O nível de competição é elevado, mas temos sido capazes de lutar pelo pódio com regularidade, o que é a chave – consistência.

P. Quem vês como teu principal rival na defesa da liderança do campeonato?
R. Penso que a partir daqui os principais rivais vão ser os pilotos que têm vindo a apresentar boas prestações esta temporada, por isso, o Hiroshi Aoyama, Marco Simoncelli e Héctor Barberá, mas também temos ter em conta nomes como Mattia Pasini e Alex Debón.

P. Olhando para trás, para o toque com o Simoncelli em Itália, ao cabo de alguns dias como é que vês o incidente?
R. Depois de o ter visto na televisão parece-me ainda mais claro. Ele não estava a tentar passar-me, ele estava apenas a tentar colocar-me fora de pista. Por isso, não concordo com a punição que lhe foi aplicada. Ele disse que cometeu um erro na curva, mas ele estava em segundo e no final terminou na mesma posição. Eu estava em primeiro e terminei em terceiro por causa do erro dele.

P. Queres mesmo ir para o MotoGP no próximo ano, ou queres garantir primeiro a conquista do título antes da subida?
R. Bem, é claro que gostava de ganhar o título de 250cc antes de deixar a categoria e penso que estamos a ir na direcção certa neste momento. Ao mesmo tempo, tenho de pensar nas ofertas que estou a receber para o próximo ano. Haverá a categoria de Moto2 na próxima época, mas ainda não sabemos quais serão as equipas, tão pouco como será exactamente as motos, pelo quue temos de considerar isso e o MotoGP para vermos qual a melhor opção.

P. Tem-se falado de uma equipa do Jorge Martinez ‘Aspar’ no MotoGP no próximo ano. Gostavas de fazer parte desse possível projecto?
R. Parece que o Jorge ainda quer passar para o MotoGP, os planos parecem estar a ter bom desenvolvimento e parece que poderá ser com a Yamaha. Seria necessário ver que tipo de moto faria parte do projecto, se uma de fábrica, que tipo de apoio existiria, qual seria a equipa técnica, etc. As equipas de 125cc e 250cc do Jorge são as melhores no Campeonato do Mundo e estou muito orgulhoso por trabalhar com ele, mas no MotoGP seriam estreantes, pelo que temos de ver como seria a formação.

P. Também há rumores de que te vais juntar à Suzuki no próximo ano e de que o teu contrato de 2010 será resolvido em Barcelona, no próximo GP. É possível?
R. Penso que a Suzuki está interessada, mas é um caso similar ao da possível equipa do Jorge no MotoGP. Com a Suzuki também teremos de ver como será a equipa e o que querem do projecto. Mas penso que Barcelona será um pouco cedo demais para uma decisão final sobre tudo.

Tags:
250cc, 2009

Outras actualizações que o podem interessar ›