Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden: “Trato das coisas de forma optimista”

Hayden: “Trato das coisas de forma optimista”

O norte-americano antevê a corrida do fim-de-semana e o teste de segunda-feira na Catalunha.

Estando a vier o mais difícil início de época no MotoGP até ao momento, Nicky Hayden está provavelmente mais desejoso pelo teste da próxima do que pelo Grande Prémio Cinzano da Catalunha. O Campeão do Mundo de MotoGP de 2006 optou sempre por trabalhar arduamente para ultrapassar os problemas, mas sente-se prejudicado pela redução do número de testes este ano.

“Não podemos fazer muito em termos de preparação para o Grande Prémio e é claro que isto não é um período fácil para mim, mas tenho de pensar de forma positiva e continuar a dar tudo,” admitiu o norte-americano antes da sexta ronda. “É essa a minha forma de lidar com as coisas e é o que vou continuar a fazer com a equipa. Estou desejoso por voltar a correr, mas também estou ansioso pelo teste que vamos ter depois.”

Trabalhar para melhorar as sensações de Hayden com a Desmosedici GP9 tem surgido ou nos fins-de-semana de corrida ou através dos pilotos de testes da Ducati – o ensaio mais recente teve lugar na semana passada em Mugello com Vittoriano Guareschi a trabalhar em diferentes afinações. Em temporadas anteriores Hayden teria muito mais tempo aos comandos da moto para encontrar as suas próprias soluções.

“Estou mesmo a precisar de testar mais e de mais tempo na moto. Este ano estou mesmo a sentir os efeitos da redução dos testes e sei que é o mesmo para todos, mas para mim em particular sei que ia beneficiar muito com algum tempo de testes, por isso espero conseguir fazer bom trabalho em Barcelona e que isso me ajude a dar um passo em frente,” acrescentou.

A análise de novas afinações e dos melhoramentos da electrónica serão os principais pontos da agenda do teste pós corrida.

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, Nicky Hayden, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›