Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa curioso para testar condição física

Pedrosa curioso para testar condição física

Preparando-se para rodar em casa este fim-de-semana com analgésicos para ultrapassar as dores da lesão na anca, Dani Pedrosa não que desiludir os seus fãs em Barcelona.

O vencedor da corrida do ano passado na Catalunha e um dos favoritos do público caseiro, Dani Pedrosa tem carácter forte e sabe como conseguir resultados quando corre a menos de 100% e vai fazer uso de todas as suas capacidades este fim-de-semana para tentar deixar os apoiantes contentes em Montmeló, apesar da lesão na anca.

O talentoso piloto da Repsol Honda explicou a sua situação antes do Grande Prémio Cinzano da Catalunha, esta quinta-feira, tudo devido à pequena fractura contraída no fémur direito – precisamente no local onde onde o osso e o músculo da anca se unem – durante os treinos de Mugello, onde depois acabou por voltar a cair durante a corrida.

“As dores dependem apenas do momento e do movimento,” admitiu a estrela catalã. “O sítio onde tenho a fractura, onde o glúteo se junta ao osso, dói-me quando uso o músculo. Quando me deram as injecções dos analgésicos em Mugello não ajudaram, pelo que estou muito interessado em ver se a injecção mais forte que me vão das sexta-feira está à altura do trabalho e se vai ajudar a diminuir a inflamação.”

Comentando os seus planos de abordagem para o fim-de-semana ele disse: “O meu objectivo é ir para a pista e ver como me sinto. Ou seja, em Mugello consegui rodar com esta lesão, pelo que apesar das coisas não terem corrido da melhor forma lá agora espero melhorar. Vamos ter de continuar o trabalho aqui com os analgésicos. Estou a correr lesionado como no Qatar, mas quero fazer muito melhor que lá porque o resultado não foi bom. Tenho muitos fãs aqui e não quero desapontá-los.”

Com a responsabilidade acrescida de testar um quadro modificado na sua Honda RC212V este fim-de-semana, Pedrosa prefere examinar o novo chassis durante os treinos de sexta-feira e de sábado e não esperar pelo ensaio de MotoGP de segunda-feira.

“Penso que é melhor testar o novo chassis durante o fim-de-semana porque vou estar a rodar com analgésicos e posso não estar na melhor forma para testar na segunda-feira,” admitiu.

Entretanto, como parte de uma das actividades de segurança levada a cabo pela Montesa Honda, S.A., uma subsidiária da Honda em Espanha responsável pela produção e venda de motas, Pedrosa vai rodar com o logo Segurança Honda na carenagem da moto ao longo de todo o Grande Prémio Cinzano da Catalunha, tal como fez em Jerez em Maio passado.

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, Dani Pedrosa

Outras actualizações que o podem interessar ›