Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner junta-se a quarteto espanhol para antever o fim-de-semana

Stoner junta-se a quarteto espanhol para antever o fim-de-semana

A conferência de imprensa de pré evento desta quinta-feira no circuito de Montmeló contou com a presença do líder do Campeonato do Mundo Casey Stoner, bem como de Jorge Lorenzo, Dani Pedrosa, Toni Elías e Sete Gibernau.

O espanhol melhor classificado, Jorge Lorenzo, estava em boa companhia na conferência de imprensa de pré evento do Grande Prémio Cinzano da Catalunha, com o vencedor da corrida de 2008 Dani Pedrosa, o líder do Campeonato e vencedor de 2007 em Montmeló Casey Stoner e os pilotos da casa Toni Elías e Sete Gibernau.

Quando questionado pelos jornalistas sobre se sentia maior responsabilidade este fim-de-semana por estar em casa e por se tratar da sua estreia em Barcelona na categoria rainha, Lorenzo deu resposta confiante: “Não sinto mais pressão. Para mim, correr aqui é tão importante em termos de campeonato como correr na Austrália ou na Malásia. É claro que seria muito bom conseguir um grande resultado porque tenho família e amigos aqui, mas todas as corridas de MotoGP são importantes.”

Enquanto isso, na sua tradicional calma Stoner anteviu a acção do fim-de-semana após a conquista da histórica vitória em Mugello, a primeira da Ducati em casa. “Apesar de ter tido alguns altos e baixos aqui, sempre gostei da pista. Mugello funcionou muito bem para nós, isto apesar de termos tido alguns problemas este ano, com alguns azares e algumas más decisões. Mas tivemos sempre um ritmo razoavelmente bom em corridas onde não éramos normalmente rápidos e penso que temos melhores possibilidades que no ano passado.”

Pedrosa foi, por seu turno, questionado sobre a lesão que contraiu na anca e fémur. Ele explicou: “Bem, estava com muitas dores na moto em Mugello, mas as coisas melhoraram ao longo das duas últimas semanas. Melhorei muito nas actividades do dia-a-dia, mas não sei como vou estar até rodar com a moto e avaliar a situação na sexta-feira.”

Pressionado quanto a rumores de que teria já assinado contrato com a Honda para 2010, Pedrosa respondeu: “Ainda nem tivemos essa conversa.”

Depois de difícil início de ano Toni Elías está certamente sob pressão para apresentar resultado positivo na sua corrida caseira, mas explicou os motivos a que se devem o seu lento progresso até ao momento em 2009. “Tive algumas lesões e mais problemas que esperava,” admitiu o catalão. “Depois da queda de Motegi decidi operar o braço após Jerez, mas isso fez com que as coisas fossem difíceis em Le Mans. Vimos algumas melhorias em Mugello, mas agora chegou a oportunidade de me dar bem perante os meus fãs.”

O último a falar foi o piloto satélite da Ducati, o veterano Gibernau, que conhece muito bem a pista de Barcelona. Regressado de uma lesão após ter falhado duas corridas, brincou: “Depois de ouvir o que o Dani e o Pedrosa passaram nos últimos tempos penso que estou perfeitamente bem. O meu ombro está muito melhor e sinto-me bem. Todo o projecto com a nova equipa em 2009 tem sido um grande trabalho, mas adoro correr e ainda sinto que posso mostrar o meu potencial de novo este ano.”

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, Casey Stoner

Outras actualizações que o podem interessar ›