Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso de novo muito perto do pódio

Dovizioso de novo muito perto do pódio

O piloto da Repsol Honda, Andrea Dovizioso, voltou a falhar pela terceira vez consecutiva o pódio por fracções de segundo.

Tendo sido batido em cima da linha pelo companheiro de equipa Dani Pedrosa em Le Mans e por Valentino Rossi em Mugello, desta feita foi Casey Stoner quem levou a melhor sobre Andrea Dovizioso no Circuito da Catalunha. O jovem italiano terminou a 0,052s do antigo Campeão do Mundo de MotoGP.

Dovizioso entrou para a Repsol Honda de fábrica este ano graças à consistência dos resultados apresentados na época de estreia com a moto satélite em 2008, tendo mesmo garantido o que foi o seu único pódio na categoria rainha até ao momento no final do ano passado com o terceiro lugar na Malásia.

A campanha de 2009 começou com seis sólidos resultados, dois quintos lugares nas duas primeiras corridas, um oitavo em Jerez e agora três quartos postos consecutivos, isto enquanto faz óbvio e estável progresso.

A natureza competitiva de Dovizioso é tal – e as expectativas da Repsol Honda, que há já um ano que não venceu – que o piloto de 23 anos deve estar desejoso por começar a converter esses quartos lugares em pódios o mais depressa possível, isto mesmo que para tal tenha de lutar regularmente contra os três melhores pilotos do Campeonato do Mundo, nomeadamente Rossi, Stoner e Jorge Lorenzo.

Tirando os pontos positivos da sexta ronda da época, Dovizioso comentou: “Dei o máximo ao longo de toda a corrida, passei o Randy de Puniet e o Dani e depois tentei reduzir a margem para o Casey. Nas últimas seis voltas tentei reservar alguma potência porque estava muito calor e as rodas patinavam muito. Não consegui passar o Casey na última volta porque ele estava a dar 100%, o que foi um pena porque não consegui chegar ao pódio, mas estou contente com o fim-de-semana.”

“Estou mesmo muito contente com a corrida de forma geral porque terminámos apenas a nove segundos do vencedor e isto é mesmo importante. Infelizmente não fiz boa partida porque tenho uma embraiagem diferente da dos outros pilotos Honda, o que é bom para mim quando estou a travar, mas é muito pior nas partidas, o que acabou por dificultar a corrida.”

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›