Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dupla da Pramac contente com melhoramentos

Dupla da Pramac contente com melhoramentos

O importante dia de testes em Montmeló deu a Mika Kallio e Niccolò Canepa a oportunidade de testar várias peças novas.

Contando com forte apoio de fábrica da Ducati esta época, a Pramac Racing teve a oportunidade de ensaiar vários novos componentes no teste de segunda-feira em Barcelona, incluindo um braço oscilante novo em carbono, um melhoramento no controlo de tracção e nova peça para a traseira da moto.

Mika Kallio esteve incansável no seu trabalho com a Desmosedici satélite, efectuando 98 voltas no total, um número que apenas foi igualado pelo piloto de fábrica Nicky Hayden. O estreante finlandês focou-se na adaptação às melhorias da moto e terminou o dia em quarto na tabela de tempos, apenas a quatro décimos do primeiro, Andrea Dovizioso.

“Fui quarto e fui mais rápido que o Casey Stoner, pelo que foi um dia mesmo positivo. O meu ritmo foi um segundo mais rápido que o de domingo e estou contente com o trabalho levado a cabo. O novo braço oscilante permitiu-nos dar um passo em frente e sinto-me muito melhor com a traseira da moto.”

“O nosso ritmo é mesmo bom, pelo que agora posso descansar uns dias na Finlândia e ir mais confiante para Assen,” concluiu Kallio.

Enquanto isso, o estreante Niccolò Canepa também melhorou um segundo nos testes face ao seu ritmo de corrida, terminando em décimo no final das 90 voltas de teste, isto apesar de ligeira queda na sessão da tarde.

“Testámos o novo braço oscilante e o melhoramento no controlo de tracção e gostei porque melhorei o meu ritmo de corrida e posso ir para Assen com optimismo,” comentou Canepa.

“Foi muito bom ter um dia de testes completo porque ainda sinto alguma dificuldade em aperfeiçoar a afinação na moto durante os fins-de-semana de GPs,” afirmou o jovem italiano.

O Director Técnico Fabiano Sterlacchini também se mostrou animado no final do teste, afirmando: “Ao longo do fim-de-semana notámos algumas coisas que pensámos que podíamos melhorar no teste. Mais do que problemas físicos, tratavam-se de problemas com a confiança dos pilotos na moto, pelo que demos grandes passos em frente.”

“Além de termos o novo braço oscilante, decidimos tentar resolver alguns ressaltos na frente da moto, o que conseguimos. O objectivo é estarmos entre quinto e décimo e penso que é uma meta realista.”

Tags:
MotoGP, 2009, GRAN PREMI CINZANO DE CATALUNYA, Niccolo Canepa, Mika Kallio, Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›