Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa quer voltar à RC212V e deixar analgésicos na corrida de Assen

Pedrosa quer voltar à RC212V e deixar analgésicos na corrida de Assen

A estrela da Repsol Honda vai tentar correr sem medicação na visita deste fim-de-semana à Holanda.

Dani Pedrosa teve pouco tempo para recuperar de uma lesão na anca para correr em casa, em Barcelona, na última ronda e sentiu-se muito desconfortável ao longo do fim-de-semana em que se sentiu obrigado a alinhar para manter contacto com os líderes do MotoGP. o espanhol teve mais tempo para recuperar para o Alice TT Assen, tendo agora em mente correr na Holanda sem a ajuda de analgésicos.

“Desde a corrida de Barcelona passei o tempo a descansar, a tentar dar à minha anca o máximo de possibilidades de recuperar. É claro que não houve muito tempo – pouco mais de uma semana – mas sinto-me muito melhor agora que logo após a última corrida, quando estava totalmente exausto,” diz o piloto da Repsol Honda, que lutou para terminar em sexto na pretérita jornada.

“Sinto-me optimista em relação ao fim-de-semana e temos apenas de ver como as coisas correm quando tudo começar na quinta-feira. A minha intensão é correr sem analgésicos porque eles perdem o efeito de forma gradual e não são algo em que se possa confiar – vamos ver como me sinto quando começar a correr.”

Pedrosa estado medicado desde o incidente de Itália, em Mugello, o que tem afectado a necessária sensibilidade, aderência e movimento aos comandos de uma máquina de MotoGP devido à natureza das injecções.

Assen tem sido uma pista com resultados positivos para o antigo vice-Campeão do Mundo, que terminou em segundo em 2008.

Tags:
MotoGP, 2009, ALICE TT ASSEN, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›