Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista pragmático sobre incidente de Assen

Bautista pragmático sobre incidente de Assen

O candidato ao título de 250cc Álvaro Bautista não se vai preocupar durante muito tempo com a mais recente queda em Assen e que resultou na subida de Hiroshi Aoyama à frente da classificação.

Quando Álvaro Bautista bateu em Hiroshi Aoyama, da Scot Racing, no final da corrida de sábado das 250cc no Alice TT Assen não foi a primeira vez que a estrela espanhola foi ao tapete na última volta e em circunstâncias dramáticas.

Memórias de Jerez 2008, com Marco Simoncelli, surgiram de imediato, mas desta vez só Bautista é que não conseguiu completar a corrida.

Aoyama, na verdade, teve sorte em não cair depois da sua Honda 250cc ter acusado o toque de Bautista, mas o nipónico recuperou o controlo para cruzar a bandeira de xadrez e terminar com 13 pontos de vantagem na corrida ao ceptro.

Após o incidente o piloto da Mapfre Aspar comentou de forma filosófica: “Antes da queda pensei que podia mesmo ganhar a corrida porque na última parte da volta estava mais rápido que o Hiroshi. Pensei que era a minha melhor oportunidade, passá-lo antes da última chicane, mas na última volta ele desacelerou na chicane e eu estava um pouco mais rápido que ele, toquei-lhe e caí.”

O piloto de 24 anos acrescentou ainda: “É uma peno porque estou contente com a corrida. Tenho de esquecer a queda e pensar no facto de que estive rápido, isto apesar dos pneus não estarem perfeitos. Estava muito concentrado em manter o mesmo ritmo. Temos de estar fortes nas próximas corridas porque sou segundo no campeonato e algo distante do primeiro lugar.”

Tags:
250cc, 2009, Alvaro Bautista, Mapfre Aspar Team

Outras actualizações que o podem interessar ›