Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lüthi prepara-se para embate na segunda casa

Lüthi prepara-se para embate na segunda casa

O suíço fala da próxima jornada na Alemanha.

O Campeonato do Mundo de MotoGP visita um total de 14 países ao longo da época, mas com tantas nacionalidades na grelha nem todos têm a oportunidade de correr em casa.

Por este motivo, alguns pilotos têm de se contentar com eventos próximos de casa. Gabor Talmacsi, por exemplo, leva grandes multidões da Hungria até à República Checa, em Brno, todos os anos. Para a estrela das 250cc Thomas Lüthi o Alice Motorrad Grande Prémio da Alemanha é uma corrida em casa fora de casa.

“Todos os fins-de-semana são importantes para mim. Sachsenring é especial, não é a minha corrida em casa, mas a Alemanha é muito próxima da Suíça, a língua é a mesma e tenho muitos fãs que vão à pista só para me verem,” diz o antigo Campeão do Mundo de 125cc e desportista do ano da Suíça e que começou a competir na Alemanha por não ter campeonatos de motociclismo na sua terra natal.

A longa associação com Sachsenring estende-se à estreia do jovem de 22 anos no Campeonato do Mundo em 2002, se bem que tal não trouxe grande resultado para Lüthi. O segundo lugar em 2005 é, até ao momento, o seu melhor resultado na pista, um traçado bem diferente daqueles de que normalmente gosta.

“Prefiro curvas rápidas em que possa entrar a fundo, mas Sachsenring é mais uma mistura disso com curvas mais técnicas. Temos de afinar a moto muito bem para a corrida,” explicou na quinta-feira na Alemanha antes de abordar as hipóteses que tem para 2010.

“O meu sonho foi sempre entrar para o MotoGP, mas no próximo ano ainda não é uma certeza. Também há a classe de Moto2 a partir do ano que vem, mas de momento tenho de me concentrar na presente temporada.”

Tags:
250cc, 2009, ALICE MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Thomas Luthi, Emmi - Caffe Latte

Outras actualizações que o podem interessar ›