Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Vitória de Dovizioso “mais difícil depois de queda de Rossi”

Vitória de Dovizioso “mais difícil depois de queda de Rossi”

O vencedor italiano confiou nos líderes do campeonato para as primeiras trajectórias.

A primeira vitória de Andrea Dovizioso na categoria rainha não podia ter surgido em melhor altura para o italiano. Ao cabo de três corridas sem pontos no Campeonato do Mundo, um mês em que se especulou sobre o seu futuro e sobre as dificuldades de chegar ao primeiro pódio como piloto Repsol Honda, a estrela italiana levou a cabo prestação repleta de confiança quando alguns dos mais experientes nomes de MotoGP caíram devido às traiçoeiras condições de Donington Park.

O primeiro novo vencedor de MotoGP desde a corrida de Portugal do ano passado (ganha pelo persistente rival das 250cc Jorge Lorenzo), Dovizioso retirou um grande peso dos ombros. Contudo, apesar de ter parecido confiante na liderança do Grande Prémio de Inglaterra, as coisas não foram fáceis para “Dovi” na tarde de domingo.

“Esta corrida foi muito complicada. Com estas condições a temperatura dos pneus era muito baixa e a ligeira chuva ao longo de toda a corrida fez com talvez fosse o pior cenário de pilotagem para este pneu. Também não podíamos trocar de moto, pelo que foi mesmo difícil de gerir,” disse o piloto de fábrica da Honda após os grandes festejos no pódio. Ele liderou a corrida desde a 19ª volta, altura em que o Campeão do Mundo entrou demasiado rápido nos esses Fogarty, mas a ausência de um rival acabou mesmo por tornar o final da prova ainda mais difícil para o vencedor.

“Antes do Valentino cair era fácil porque me limitava a segui-lo; depois disse tive de compreender melhor a pista,” explicou. “Usar um visor claro também fez com que visse melhor as linhas que estavam mais secas. No final o Randy (De Puniet) e o Colin (Edwards) estavam a rodar a 100% e a apanharem-me, o que foi complicado de gerir. Penso que nas duas últimas voltas puxei tanto que eles não conseguiram arriscar para chegarem até mim.”

E será que a vitória alterou os objectivos de Dovizioso para a época? Nem por isso. Falando de forma pragmática declarou: “Hoje não foi uma situação normal, pelo que temos de compreender como é que podemos tirar o melhor partido do potencial do conjunto que temos. Ainda temos de encontrar algumas soluções.”

Tags:
MotoGP, 2009, BRITISH GRAND PRIX, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›