Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo visita Escola Equestre Espanhola em Viena

Lorenzo visita Escola Equestre Espanhola em Viena

Jorge Lorenzo falou sobre a sua luta com Valentino Rossi pelo título e sobre a ausência de Casey Stoner durante três corridas, tudo durante a visita que efectuou a uma Escola Equestre Espanhol em Viena, na quarta-feira.

O jovem espanhol da Fiat Yamaha e candidato ao ceptro Jorge Lorenzo visitou a ilustre Escola Equestre Espanhol na capital austríaca, Viena, na quarta-feira, aproveitando o tempo para relaxar antes do Cardion AB Grande Prémio da República Checa deste fim-de-semana.

De visita a uma instituição com mais de 430 anos de tradição na arte de equitação clássica com os patrocinadores austríacos GRIZZLY Energy Drink, Lorenzo falou com o motogp.com, revelando algumas ideias interessantes no que toca ao seu companheiro de equipa Valentino Rossi e ao seu rival da Ducati, Casey Stoner.

Sobre a ausência temporária de Stoner, que não alinhará nas próximas três corridas devido a problemas de saúde, Lorenzo disse: “Não gostei de ouvir as notícias porque o Casey é um piloto muito talentoso e corajoso. Estamos todos a pensar nele porque é uma coisa séria e esperamos todos que ele esteja bem. Para a competição de forma geral também é mau porque temos menos um rival, e neste caso é o Casey, que dá sempre 100% e contra quem é sempre muito bom correr.”

Questionado sobre o que pensa da luta pelo título agora a dois, entre si e Rossi, Lorenzo respondeu: “Nunca se sabe. O Dani (Pedrosa) está neste momento a 70 pontos, mas não o podemos descartar porque neste campeonato pode acontecer muita coisa. Parece que há dois pilotos com verdadeiras hipóteses, especialmente o Valentino, mas matematicamente não se pode deixar ninguém de fora.”

Apostado em recuperar de imediato, me Brno, da desilusão da desistência de Donington, Lorenzo afirmou ainda: “Estou mesmo desejoso, apesar da queda que ninguém esperava. Talvez fosse esperar muito porque as condições também estavam difíceis e caí porque cometi um erro, mas ainda estamos na luta pelo título. As coisas estão mais difíceis, mas não é impossível.”

Tags:
MotoGP, 2009, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›