Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Maioria dos pilotos de 250cc vai estrear-se a correr em Indy

Maioria dos pilotos de 250cc vai estrear-se a correr em Indy

O cancelamento da corrida de 250cc do ano passado em Indianápolis devido às condições climatéricas fez com que a maioria dos pilotos da grelha das quarto de litro se estreie competitivamente no traçado no domingo.

Para o líder das 250cc Hiroshi Aoyama e para a maioria dos seus rivais no Campeonato do Mundo a corrida de domingo será a primeira no “Brickyard”, isto depois do embate do ano passado ter sido cancelado devido à passagem do furacão Ike pelo circuito na estreia do Red Bull Grande Prémio de Indianápolis.

Com seis jornadas ainda pela frente, a maior ameaça ao líder Aoyama vem de Álvaro Bautista, que anunciou há muito pouco tempo que vai passar para o MotoGP em 2010 com a Suzuki. O nipónico pode também estar de caminho para a categoria rainha, mas primeiro tem pela frente a luta pelo título Mundial com Indy a ser o próximo assalto.

O piloto da Scot Racing, que foi quarto em Brno há pouco mais de uma semana, conta com uma margem de 12 pontos sobre o Bautista, com o jovem da Mapfre Aspar a ter reduzido um pouco a diferença ao terminar em terceiro na República Checa.

O Campeão do Mundo Marco Simoncelli voltou a entrar na corrida ao título com a terceira vitória do ano em Brno, um resultado importante para a defesa do ceptro antes de subir ao MotoGP com a San Carlo Honda Gresini no próximo ano. Simoncelli teria partido da pole para a corrida de 250cc do ano passado em Indy, não fosse a prova cancelada e agora está apostado em mais um resultado de alto nível enquanto tenta reduzir os 32 pontos que o separam de Aoyama.

Héctor Barberá segue a mais 17 pontos de Simoncelli, em quarto da geral, e qualificou-se em segundo em Indianápolis no ano passado, isto antes de ter sofrido grave lesão nas costas, no Japão, e que colocou ponto final antecipado na sua época. O espanhol regressou à acção esta temporada e garantiu um lugar no MotoGP com a Ducati/Aspar em 2010.

Em quinto no campeonato, o italiano Mattia Pasini teve a primeira prova do MotoGP ao testar pela Pramac Racing na segunda-feira em Brno e depois de ter sido segundo na corrida, a apenas 0,684s de Simoncelli.

A lista dos dez primeiros da classe conta ainda com Raffaele de Rosa (Scot Racing), Alex Debon (Aeropuerto-Castello-Blusens), Héctor Faubel (Valencia CF - Honda SAG), Roberto Locatelli (Metis Gilera) e Thomas Lüthi (Emmi - Caffe Latte) – todos eles apostados em marcar presença na primeira sessão de treinos livres das 250cc na sexta-feira, pelas 15h10 (horas locais).

Tags:
250cc, 2009, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›