Compra de bilhetes
VideoPass purchase

MotoGP entra em Indy

MotoGP entra em Indy

A estrela italiana Valentino Rossi, os locais Nicky Hayden e Colin Edwards e os espanhóis Dani Pedrosa e Toni Elías estiveram todos presentes na conferência de imprensa de pré evento de Indianápolis, na quinta-feira.

A segunda edição do Red Bull Grande Prémio de Indianápolis tem lugar este fim-de-semana e os procedimentos preliminares de quinta-feira para a 12ª ronda viram Valentino Rossi, Nicky Hayden, Colin Edwards, Dani Pedrosa e Toni Elías falarem com a imprensa no Brickyard.

O vencedor do ano passado na primeira corrida da história no MotoGP em Indy, afectada pelo furcão Ike, Rossi disse: “É muito bom estar de volta aqui, especialmente com tempo melhor e, é claro, este local é cheio de história. Estive na pista a dar outra vista de olhos hoje e é um bom circuito. Temos alguns dados importantes do ano passado, quando fomos rápidos no seco e no molhado, pelo que estamos prontos para começar a trabalhar arduamente na sexta-feira.”

Referindo-se à decisão desta semana do seu companheiro de equipa e rival na corrida ao título, Jorge Lorenzo, continuar com a Fiat Yamaha em 2010, Rossi disse: “Penso que fez a escolha correcta porque a nossa moto é muito boa. Não é a mais rápida em recta, mas é muito boa em curva e muito equilibrada, temos boas afinações e no final ele tomou a melhor decisão.”

Quando Hayden pegou no microfone falou do orgulho de correr pela primeira vez com a Ducati naquele que é o seu verdadeiro evento caseiro, que fica a três horas de carro de sua casa. O antigo Campeão do Mundo de MotoGP também brincou com a especulação sobre o facto de Lorenzo ter estado prestes a juntar-se à Ducati, isto quando falou do seu próprio futuro no MotoGP: “A grande notícia é que o Jorge não vai ficar com a minha moto! A data limite para tomarmos a decisão para 2010 é para a semana, por isso talvez saibamos mais coisas nessa altura.”

Edwards revelou o desejo de continuar com a Monster Yamaha Tech 3 por mais um ano, sem contudo se esquecer da experiência de Indianápolis: “Vir aqui e correr de moto é algo de muito especial. Passar pelos famosos tijolos é impressionante e a configuração da pista funcionou muito bem, mesmo tratando-se de uma arena tão grande.”

Por seu turno, Elías mencionou a intenção de continuar no MotoGP na próxima época enquanto continua à procura de nova equipa, se bem que foi o seu compatriota e também piloto Honda, Pedrosa, que causou maior surpresa quando explicou que ainda está em conversações com a HRC para continuar na Repsol Honda, mas admitiu também ter tido uma conversa com a Ducati.

Tags:
MotoGP, 2009, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›