Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa fala da dura corrida em Misano

Pedrosa fala da dura corrida em Misano

O piloto da Repsol Honda deu o máximo na ronda treze, mas não conseguiu acompanhar o ritmo dos seus adversários da Fiat Yamaha.

No dia em que renovou com a HRC para continuar na equipa de fábrica da Honda em 2010, Dani Pedrosa deu o seu melhor no Grande Prémio Cinzano de São Marino e da Riviera di Rimmi, mas não conseguiu melhor do que o terceiro lugar em Misano.

O antigo Campeão do Mundo de 125cc e 250cc voltou a fazer uma das suas partidas canhão e liderou nas primeiras voltas da corrida, mas acabou por ser apanhando pelos perseguidores do título, Valentino Rossi e Jorge Lorenzo, que rodavam mais rápido nas suas Yamaha M1.

Descrevendo o que se passou, Pedrosa disse: “Dei o meu máximo na corrida. Tentei fazer tudo o que podia e ficar junto deles (Rossi e Lorenzo) no início, mas a meio da corrida comecei a ficar mais lento e eles continuaram rápidos. Eles estavam a travar e a curvar melhor, por isso não os consegui acompanhar.”

No final da corrida, o piloto de Barcelona teve de regressar às boxes à boleia de Toni Elias, depois da sua mota ter parado depois de cruzar a linha da meta. “Desde o início que tive dificuldade em fazer algumas curvas, mas no final acabei por ter muita sorte, porque a mota parou logo a seguir à meta e foi muito estranho. Não sei se fiquei sem combustível ou se foi outra coisa, mas penso que tive sorte em acabar a corrida e ficar em terceiro! De qualquer forma, agradeço à minha equipa e às pessoas que me são próximas.”

Tags:
MotoGP, 2009, GP CINZANO DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›