Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso com fim-de-semana bem sucedido

Dovizioso com fim-de-semana bem sucedido

Andrea Dovizioso, da Repsol Honda, teve um Grande Prémio caseiro cheio de actividade e que terminou com o piloto a subir a quinto do campeonato.

O Grande Prémio Cinzano de São Marino e da Riviera di Rimini foi um fim-de-semana importante para Andrea Dovizioso, com o talentoso italiano a ser confirmado como piloto Repsol Honda para 2010 antes do início da corrida de domingo, perante o seu público caseiro.

A terra natal de Dovizioso, Forli, fica a uma hora de carro de Misano (75 km) e teve muitos amigos e familiares a verem a acção nas bancadas enquanto ele levava a cabo mais uma corrida com uma excelente fase final, acabando mesmo por levar a melhor sobre o veteranos da Suzuki na última volta para terminar em quarto.

Dovizioso trabalhou de forma diligente ao longo do fim-de-semana para conseguir um bom compromisso do novo sistema de suspensão da Ohlins com a RC212V de fábrica, fazendo com não parecesse estar a rodar a 100% até à corrida em si e qualificou-se em oitavo da grelha.

Dovizioso parece ser um especialista a terminar em quarto, pois já o fez por seis vezes este ano, três nas últimas três corridas, mas desta feita o resultado foi o bastante para o colocar à frente de Colin Edwards na classificação para quinto.

Resumindo o seu GP em casa Dovizioso afirmou: “Estou razoavelmente contente com este fim-de-semana. Foi a primeira vez com a Ohlins e é claro que não podíamos ter a afinação perfeita, mas isto é apenas o início e estou muito confiante no futuro. Também estou contente porque renovei o contrato com a Honda. Este é o meu primeiro ano com a Honda de fábrica e sinto que ainda não mostrei todo o meu potencial. Conheço a moto melhor agora e estamos a trabalhar em conjunto para preparação do próximo ano.”

Descrevendo a sua corrida comentou: “Dei o máximo nas primeiras voltas. Senti-me bem com a moto, mas infelizmente na sétima volta cometi um erro na curva 11 e perdi o contacto com os pilotos da frente. Este erro comprometeu a corrida porque não consegui ficar com os líderes. Nas últimas voltas tive uma grande luta com o Capirossi pelo quarto posto. Ele estava a travar muito forte, mas no final consegui passar por ele e fechei todas as portas para que ele não recuperasse a posição.”

Tags:
MotoGP, 2009, GP CINZANO DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›