Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Mais uma grande prestação por parte de Espargaró

Mais uma grande prestação por parte de Espargaró

A Pramac Racing conseguiu bons resultados com o piloto de substituição Aleix Espargaró em Indianápolis e Misano.

O jovem espanhol Aleix Espargaró não esteve nada mal com as duas primeiras presenças em Grandes Prémios da categoria rainha nos últimos dez dias com um 13º e um 11º lugar em Indy e Misano, respectivamente. Prestações que podem ser muito importantes enquanto ele busca um lugar no Campeonato do Mundo para 2010.

Se isso significa que está no bom caminho para entrar no MotoGP, ou se vai para a Moto2 – como era esperado até esta oportunidade com a Pramac Ducati – ainda é algo que não se sabe, mas o que é já claro é que o facto de ter perdido um lugar permanente nas 250cc este ano o piloto dos arredores de Barcelona deu excelente mostras das suas capacidades nos últimos meses.

As suas participações como piloto de substituição nas 250cc pela Balatonring Team viram-no terminar em quarto em Assen e sétimo em Sachsenring, o que lhe valeu vários elogios no paddock de MotoGP e levou à oportunidade de rodar no lugar de Mika Kallio com a Ducati Desmosedici GP satélite em duas jornadas, isto enquanto o finlandês ocupou o lugar de Casey Stoner, ausente por motivos de saúde.

Stoner deve voltar à acção em Portugal, o que faz com que Kallio deva reclamar o seu lugar na Pramac e que Espargaró regresse a um segundo plano – por agora. A queda em Misano interrompeu brevemente os progressos de Espargaró, mas vai ter de tratar da lesão no braço na segunda-feira em Espanha para estar pronto para continuar as eventuais aventuras que lhe surjam pela frente em 2009.

“Podemos dar-nos por satisfeitos com o que fizemos em pista,” disse o jovem de 20 anos no domingo. “Em Indy, na minha estreia no MotoGP, tive de aprender tudo sobre esta nova experiência e aqui em Misano demonstrámos a capacidade de sermos competitivos.”

Comentando a 13ª ronda, explicou: “Nas primeiras voltas estava mesmo bem e dada altura estava no grupo de pilotos em luta pelo sétimo posto. Após a 15ª volta senti muitas dores no braço direito e era impossível manter o ritmo. Conseguia, de alguma forma, travar com a palma da mão, mas não conseguia abrir o acelerador todo e estava a perder muito em termos de velocidade de ponta.”

Ele concluiu: “Na segunda-feira, em Madrid, vou ser operado para estar no melhor da forma para qualquer coisa que apareça em qualquer classe. Quero agradecer à Pramac Racing Team, ao Paolo Campinoti e à Ducati pela fantástica oportunidade que me deram de me estrear no MotoGP e espero não os ter desapontado.”

Tags:
MotoGP, 2009, GP CINZANO DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Aleix Espargaro, Pramac Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›