Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Aoyama ainda no bom caminho antes da Austrália

Aoyama ainda no bom caminho antes da Austrália

Marco Simoncelli garantiu uma oportunidade marginal de revalidar o ceptro das 250cc ao vencer no Estoril, mas Hiroshi Aoyama pode fechar as contas na Austrália dependendo dos resultados do piloto da Metis Gilera e dos demais rivais em Phillip Island.

O italiano parecia estar fora da corrida ao título antes do bwin.com Grande Prémio de Portugal, mas a queda de Bautista no Estoril e o quarto posto do consistente líder da classificação Aoyama fizeram com que Simoncelli tenha agora uma oportunidade de revalidar a coroa.

A liderança de Aoyama passou a ser de 26 pontos sobre Bautista, da Mapfre Aspar, enquanto Simoncelli – cujo triunfo fez com que os pilotos italianos passassem a somar 199 vitórias nas 250c – está agora apenas a dois pontos do segundo lugar do espanhol após ter assinar a quinta vitória do ano.

Está tudo apostos para o GP da Austrália com Simoncelli e Bautista a apresentarem ambos bons resultados no circuito. Bautista foi segundo nas duas corridas das quarto de litro que já fez em Phillip Island e venceu a prova de 125cc de 2006, enquanto o rival italiano ganhou no ano passado a caminho do título. A desistência de Aoyama no ano passado faz com que o líder da classificação queira manter a forma que o levou a ficar fora dos quatro primeiros apenas por duas vezes esta época. O nipónico tem como melhor resultado na pista o terceiro lugar de 2006 com uma KTM de 250cc.

Aoyama pode conquistar a coroa já na Austrália caso assine a primeira vitória em Phillip Island, mas para tal o piloto da Scot Racing necessita ainda que Bautista não vá além de 16º e que Simoncelli se fique, no máximo, por um 14º posto e que Héctor Barberá (Pepe World Team) falhe a segunda posição. Se esse cenário não se concretizar, Aoyama sabe que tem de somar 50 pontos nas três que ainda faltam disputar – incluindo Austrália – para não depender dos resultados de outros.

Barberá (Pepe World Team) está em quarto, a mais 16 pontos de Simoncelli na geral, e estará apostado em corrigir a história da bandeira de xadrez em Phillip Island, onde não correu no ano passado devido a lesão nas costas e onde desistiu na temporada anterior. O primeiro lugar em Misano este ano foi seguido de um terceiro lugar no Estoril, pelo Barberá deverá achar que é altura de acertar as contas na notável pista australiana.

Mattia Pasini também não tem grande conjunto de resultados em Phillip Island, mas vai olhar para o terceiro lugar nas 125cc em 2006 para encontrar inspiração e terminar a época com fortes prestações.

Tags:
250cc, 2009, Iveco AUSTRALIAN GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›