Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner de olhos no hat-trick na pista preferida

Stoner de olhos no hat-trick na pista preferida

Casey Stoner está de olhos na terceira vitória consecutiva em Phillip Island enquanto dá continuidade ao regresso após três provas de ausência.

O regresso de Casey Stoner à acção após três provas de paragem devido a doença tem continuidade no seu circuito caseiro, Phillip Island, este fim-de-semana depois do pódio no Estoril.

Stoner rodou de forma admirável na sua primeira corrida em dois meses para reclamar a segunda posição em Portugal e com brilhante recorde na Ilha as expectativas em volta do Campeão do Mundo de 2007 crescem antes do Iveco Grande Prémio da Austrália.

Tendo ganho em Phillip Island nos últimos dois anos, não é nenhuma surpresa que Stoner aponte o traçado como o seu preferido.

“Penso que Phillip Island neste momento teria mesmo de ser a minha pista preferida,” disse o piloto da Ducati Marlboro ao www.shell.com/ducati. “Mas há mais algumas pistas de que gosto muito, como Mugello e Brno. As características destas três pistas são muito fluídas, muito abertas, especialmente quando se está a rodar rápido numa máquina de MotoGP como nós costumamos fazer. É muito bom poder rodar com o acelerador no máximo nestes circuitos e fluir. Há outros traçados que são um pouco pequenos demais e apertados. Nestes circuitos, quanto maior a moto maior o divertimento.”

O estatuto de Stoner em Phillip Island faz com que o jovem de 23 esteja algo confiante.

“Para mim trata-se apenas de estar o mais sossegado possível,” explicou. “Creio que há muitos que gostam de ter gente à volta para não terem de pensar tanto no assunto. Eu olho para as provas de forma muito séria, mas ao mesmo tempo não me martirizo mentalmente com o que tenho pela frente, creio que acontece apenas antes da sessão. Trabalho o melhor que poso com os técnicos e penso que é basicamente antes de ir para cada sessão que me começo mesmo a concentrar no trabalho que tenho em mãos. Até essa altura fazemos o melhor possível.”

Stoner também deu a conhecer a sua admiração por Mick Doohan, que esteve no pré evento em Melbourne.

“Tenho alguns ídolos, mas o Mick Doohan destaca-se. Deve-se à história dele – a determinação que apresentou para regressar de uma lesão e vencer cinco títulos consecutivos quando todos davam a sua carreira como terminada. Penso que isto exigiu muita coragem e muita paixão pelo desporto para o poder fazer. Quando cheguei à idade de compreender o que se tinha passado ele era um grande piloto que eu via sempre a correr,” concluiu Stoner.

Tags:
MotoGP, 2009, Iveco AUSTRALIAN GRAND PRIX, Casey Stoner, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›