Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Phillip Island é a próxima paragem da corrida ao título de MotoGP

Phillip Island é a próxima paragem da corrida ao título de MotoGP

A época 2009 do Campeonato do Mundo de MotoGP vai continuar no climax em Phillip Island, no fim-de-semana de 16 a 18 de Outubro, com a luta pelo título a tornar-se ainda mais quente na Austrália.

Jorge Lorenzo reduziu a diferença para o companheiro de equipa na Fiat Yamha e actual Campeão e líder do Campeonato do Mundo Valentino Rossi ao levar de vencida a corrida do Estoril, a mesma em que Rossi ficou num distante 4º lugar. Lorenzo encurtou a diferença de 30 para 18 pontos entre os dois.

A vitória do espanhol foi a décima por parte de um piloto Yamaha este ano, deixando o fabricante a uma do total do ano mais bem sucedido – 2005. Na verdade, Lorenzo e Rossi alternaram no mais alto do pódio desde o triunfo do italiano em Brno e uma vitória na Austrália igualaria a mais longa sequência de triunfos consecutivos da Yamaha na categoria rainha, um feito conseguido em 2005 e 2008.

Em Phillip Island, Rossi estará num circuito de boas memórias e que aponta como o seu preferido. Nas 12 visitas que já fez à pista em todas as classes o Campeão do Mundo apenas por uma vez falhou o pódio, com cinco vitórias consecutivas de 2001 a 2005 na classe de MotoGP, um grande recorde.

Rossi não venceu nas últimas três idas a “Down Under” e com o principal rival Lorenzo a apresentar forte final de temporada a tensão aumenta. Duas vitórias e um segundo lugar nas últimas três corridas é bom conjunto de resultados por parte de Lorenzo, que terminou em quarto no ano passado em Phillip Island na estreia na pista com o MotoGP depois de ter largado de segundo da grelha e triunfou por duas vezes nas 250cc.

O impressionante regresso de Casey Stoner à acção em Portugal após três corridas de ausência há mais um componente a ter em conta na equação, com o piloto da Ducati Marlboro a terminar em segundo no Estoril. As duas vitórias consecutivas de Stoner em casa desde a pole fazem com que seja visto como forte rival dos dois pilotos de fábrica da Yamaha e apenas a três pontos do terceiro classificado Dani Pedrosa, o australiano tem um objectivo claro.

O piloto da Repsol Honda, Pedrosa, recuperou da queda e consequente décimo posto em Indianápolis ao terminar em terceiro em Misano e no Estoril e com a desistência do ano passado em Phillip Island a manchar o seu conjunto de resultados na pista vai agora tentar reencontrar a forma que o levou à vitória nas 250cc em 2005. Contudo, também vai tentar defender-se dos ataques de Stoner em termos de campeonato.

O companheiro de equipa de Pedrosa na Repsol Honda, Andrea Dovizioso, foi sétimo em Phillip Island no ano passado e venceu a corrida de 125cc de 2004 – batendo Lorenzo e Stoner – e espera continuar o crescendo que tem apresentado nesta segunda temporada na categoria rainha. Actualmente o piloto é quinto da geral com mais oito pontos que Colin Edwards.

O americano fecha a lista dos seis primeiros no campeonato, com 37 pontos de margem sobre Loris Capirossi (Rizla Suzuki). O melhor resultado de Edwards em Phillip Island foi o quarto posto de 2004, altura em que rodava pela Honda, e o texano está em busca do segundo pódio do ano com a sua Monster Yamaha Tech 3.

Atrás dos sexto e sétimo classificados Edwards e Capirossi, respectivamente, estaõ Randy de Puniet (LCR Honda), Marco Melandri (Hayate Racing) e Toni Elías (San Carlo Honda Gresini), todos eles a completarem o actual Top 10.

O Iveco Grand Prémio da Austrália tem lugar de 16 a 18 de Outubro, com os treinos livres de MotoGP a começarem às 13h55 locais.

Tags:
MotoGP, 2009, Iveco AUSTRALIAN GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›