Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Barberá sofre queda depois de marcar ritmo

Barberá sofre queda depois de marcar ritmo

Héctor Barberá, da Pepe World, sofreu forte queda na sessão de livres de sexta-feira das 250cc após ter assinado o melhor tempo do ensaio.

Héctor Barberá (Pepe World), que falhou a corrida do ano passado em Phillip Island devido a lesão contraída em queda no Japão, voltou a sofrer forte golpe nas costas nesta sexta-feira ao ser cuspido da moto no circuito australiano – isto depois de ter assinado o melhor tempo da sessão.

O espanhol, que tem lugar garantido no MotoGP, terminou o treino no centro médico depois de ter perdido o controlo da sua Aprilia na 18ª volta, isto enquanto o melhor registo do treino (1m34,338s) foi assinado na volta 12. Após apreciação médica, a condição de Barberá foi considerada como não sendo séria, apesar das contusões nas costas.

Entretanto, os líderes das 250cc apresentaram todos ritmo fraco nesta sexta-feira, com o Campeão do Mundo Marco Simoncelli (Metis Gilera) a ficar-se pela 10ª posição e a um segundo da frente, enquanto o candidato ao título Hiroshi Aoyama (Scot Racing Team) foi 11º, a 1,197s de Barberá. Álvaro Bautista (Mapfre Aspar Team) foi 12, ficando a segundo e meio do primeiro.

Quem ficou mais perto de Barberá foi Raffaele de Rosa (Scot Racing), o italiano rodou a meio segundo da estrela espanhola. Jules Cluzel (Matteoni Racing), Mike di Meglio (Mapfre Aspar) e Héctor Faubel (Valencia CF - Honda SAG) também ficaram no Top 5.

Nomes como Mattia Pasini (Paddock GP Racing Team), Ratthapark Wilairot (Thai Honda PTT SAG), Alex Debon (Aeropuerto-Castello-Blusens) e Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) completaram a lista dos dez primeiros.

Tags:
250cc, 2009, Iveco AUSTRALIAN GRAND PRIX, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›