Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Equipa Gresini visita Bangkok a caminho de Sepang

Equipa Gresini visita Bangkok a caminho de Sepang

A San Carlo Honda Gresini esteve em Bangkok este fim-de-semana para marcar presença no Asian Castrol Mechanic Contest.

Antes da acção do MotoGP na Malásia a San Carlo Honda Gresini visitou a capital tailandesa, Bangkok, a caminho de Kuala Lumpur para participar no Asian Castrol Mechanic Contest, uma competição entre mecânicos no Castrol Bike Point, que está no seu terceiro ano.

Ao contrário das duas anteriores edições, abertas apenas a mecânicos tailandeses, este ano a competição foi mais internacional, com participações da Indonésia, Vietname, Filipinas e, é claro, da Tailândia. Foi um verdadeiro duelo asiático, envolvendo alguns dos principais mercados da Castrol no que é uma área muito importante para a engenharia das duas rodas.

A principal ronda da competição foi um teste prático, com quatro scooters Honda que se recusavam a funcionar. A primeira pessoa a solucionar o problema foi um filipino, que ganhou o troféu do Castrol Asian Mechanic Contest, um cheque de 1000 dólares e, mais importante, a ganhar a oportunidade de passar o próximo fim-de-semana em Sepang ao lado dos mecânicos da San Carlo Honda Gresini durante o 16º GP do ano.

No que toca à acção deste fim-de-semana o piloto da Gresini Alex de Angelis afirmou: “Em teoria a Malásia será mais difícil que a Austrália (em que foi quarto) para nós porque a nossa força durante a época tem sido nas curvas rápidas, o que há muito em Phillip Island, mas o mesmo não se passa em Sepang. Há muitos ganchos onde precisamos de boa aceleração à saída das curvas e isto tem sido um ponto fraco para nós. Dito isto, estou em grande forma neste momento, a moto está a funcionar bem e estamos muito confiantes. Vou para lá em sétimo no campeonato, com um sorriso na cara e mesmo desejoso por voltar a correr.”

O companheiro de equipa do piloto de São Marino, Toni Elías, acrescentou: “A Austrália foi um fim-de-semana difícil para nós, mas sabíamos que o seria e não foi surpresa. O bom foi termos continuado em contacto com o sétimo lugar no campeonato e o objectivo para as duas últimas corridas é chegar a essa posição. Tivemos problemas com a tracção traseira em Phillip Island e isso tem sido o nosso calcanhar de Aquiles durante toda a temporada, mas acreditamos que não vamos ter esse problema na Malásia. Adoro a pista e as condições vão nos ser mais favoráveis, por isso espero que a corrida seja mais como as outras que fizemos na segunda metade do campeonato, com um fim-de-semana competitivo a lutar pelos seis primeiros.”

Cortesia da San Carlo Honda Gresini

Tags:
MotoGP, 2009, SHELL ADVANCE MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX, San Carlo Honda Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›