Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dupla da Gresini faz última paragem em Valência

Dupla da Gresini faz última paragem em Valência

Toni Elías e Alex de Angelis vão para Valência ainda sem saberem como será o seu futuro após a última corrida da época.

A 17ª e última jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP, o Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana, tem lugar este fim-de-semana e é a oportunidade para os pilotos da San Carlo Honda Gresini Toni Elías e Alex de Angelis causarem uma derradeira impressão com a equipa.

Elías e De Angelis vão correr pela última vez com a formação satélite e com ambos os pilotos empatados a 105 pontos – De Angelis está em nono, Elías em 10º – a competição será forte.

A dupla vai receber o mesmo apoio dedicado por parte da San Carlo Honda Gresini como tem acontecido ao longo de todo ano, isto enquanto lutam pelo sétimo posto na classificação – que está apenas a três pontos de distância – até à bandeira de xadrez no domingo.

“É um circuito onde é fundamental ter um motor forte porque há alguns locais onde se atingem grandes velocidades, mas precisamos de ter uma moto com bom comportamento nas curvas lentas e isso é um ponto com que temos lutado este ano,” disse De Angelis, cuja única vitória em Grandes Prémios até à data – nas 250cc – foi conquistada em Valência em 2006. “É uma pista complicada para um piloto e recordo-me de ter tido dificuldades para me habituar a ela no início da minha carreira. Contudo, ao longo dos últimos anos a situação mudou e tenho estado forte aqui, ganhando mesmo a corrida das 250cc em 2006, por isso espero que isso nos dê forte base para começarmos na sexta-feira.”

Ele continuou: “Será um dia triste para mim porque será a minha última corrida com a equipa, o que é desapontante porque tivemos uma forte segunda metade de época. De todas as formas, vamos continuar a lutar até ao final e fazer tudo o que podemos para garantirmos a sétima posição no campeonato. Nunca se sabe o que temos ao virar da curva nas corridas!”

Elías, que já somou pódios em Valência nas 250cc, em 2003 e 2004, disse: “A Austrália e Malásia não foram perfeitas para nós, mas o importante é que voltámos à Europa ainda numa posição forte no campeonato e com boa oportunidade de melhorar em condições normais. Tivemos dificuldades com a tracção traseira ao longo de todo o ano e no papel Valência não é um circuito ideal para nós, mas espero que os meus conhecimentos da pista e o apoio caseiro nos possam ajudar. Se conseguirmos fazer um início forte na sexta-feira então temos todos os motivos para estarmos confiantes. É a última corrida da época e estou certo que a atmosfera será incrível, por isso espero poder dar aos meus fãs e equipa algo para celebrarem na noite de domingo.”

Tags:
MotoGP, 2009, GP GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Alex de Angelis, Toni Elias, San Carlo Honda Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›