Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Hayden avalia primeira temporada com a Ducati

Hayden avalia primeira temporada com a Ducati

As duas entradas no Top 5 das duas últimas corridas não foram suficientes para Nicky Hayden ir além do 13º lugar da classificação geral, mas ele está preparado para começar a trabalhar esta semana em Valência no projecto da Ducati para 2010.

Nicky Hayden não teme o trabalho duro e gosta particularmente de testar a sua mota quando tal é possível, por isso depois de uma primeira temporada frustrante com a equipa da Ducati – durante a qual teve alguma falta de sorte – o piloto Americano será um participante entusiasmado nos três dias de testes que se vão realizar em Valência, esta semana.

Não será, pois, de estranhar ver Hayden fazer mais voltas do que qualquer outro piloto de MotoGP nos testes deste semana ao último modelo da Desmosedici, agora que faz um ano que o antigo Campeão do Mundo testou pela primeira vez com a fábrica italiana, no final da última temporada.

Olhar para os resultados finais do Campeonato do Mundo de 2009 depois do Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana não será uma boa experiência para o piloto do Kentucky, mas Hayden pode sem dúvida encontrar pontos positivos ao longo do ano, além de ter conseguido ficar entre os cinco primeiros nas duas últimas corridas.

“Não é espectacular, mas terminámos a temporada com dois Top 5 e sabemos no que temos de trabalhar durante o Inverno”, afirmou Hayden, depois da corrida de Valência. “Não foi uma temporada fantástica para mim em relação a resultados, mas os desenvolvimentos que fizemos desde o início do ano são enormes e estou optimista quanto ao futuro. No final, fiquei em 13º, o que parece terrível no papel, mas ficámos apenas a 11 pontos do sétimo e tive três acidentes que não foram culpa minha. A próxima época começa segunda-feira e mal posso esperar por regressar ao trabalho.”

Recordando detalhadamente a última corrida do ano, Hayden comentou ainda: “Pensei que fosse possível fazer um pouco mais, mas não arranquei da melhor maneira. No início, a embraiagem estava a patinar um pouco e perdi terreno. Depois disso, comecei a recuperar e fiz tudo o que podia para diminuir a distância para o Colin (Edward).”

“A mota estava bastante bem, mas cada vez que me aproximava dele, ele conseguia fugir. Até ao final, tive alguns problemas nas curvas para a esquerda e acabei por perder um pouco de ritmo. De qualquer modo, foi uma corrida divertida, especialmente no princípio.”

Tags:
MotoGP, 2009, GP GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA, Nicky Hayden, Ducati Marlboro Team

Outras actualizações que o podem interessar ›