Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Dovizioso descreve tarefa que tem pela frente

Dovizioso descreve tarefa que tem pela frente

O italiano avalia a sua campanha com a Honda RC212V de fábrica e antecipa o próximo ano.

A segunda época de Andrea Dovizioso no MotoGP foi de altos e baixos, com a primeira vitória na categoria rainha em Donington a ser acompanhada pela desilusão de ter sido batido na corrida ao quinto posto da geral na última corrida da temporada em Valência.

Uma positiva temporada de estreia em 2008 com a satélite Scot Honda viu o piloto de 23 anos ser chamado pela Repsol Honda para a campanha de 2009 e que terminou com Dovizioso a ficar arredado da quinta posição da geral por apenas um ponto de diferença para Colin Edwards.

Dovizioso está determinado a usar a sua experiência este ano para preparar 2010 da melhor forma possível, e o italiano já deu os primeiros passos para esse objectivo no teste pós temporada do Circuito Ricardo Tormo.

“Os resultados deste ano não foram o que todos esperavam, a começar por mim,” admitiu Dovizioso. “Não me senti suficientemente confortável com a moto para lutar com o grupo da frente e o problema foi não pudermos fazer modificações significativas na moto durante a época, pelo que a Honda concentrou-se em preparar a moto do próximo ano. Infelizmente, não consegui melhorar o meu ritmo durante o ano e o sexto posto no campeonato está muito longe do que tinha sonhado. Foi um ano importante para mim, para aprender com o futuro em mente, e sei que a Honda está a trabalhar arduamente. Estou certo que no próximo ano, apesar de termos de recuperar o terreno perdido, todos nós vamos melhorar as nossas prestações.”

Dovizioso também falou da época no seu todo e comentou a mudança para uma máquina de fábrica.

“O melhor momento foi claramente a vitória em Donington Park e o pior diria que em Portugal; tivemos muitos problemas nesse fim-de-semana,” afirmou. “Há uma grande diferença em todos os aspectos. Com uma equipa satélite concentramo-nos em usar toda a potência da moto, mas numa equipa de fábrica também temos de pensar muito em melhorá-la e não é fácil.”

O antigo Campeão do Mundo de 125cc usou o teste de Valência para avaliar o protótipo de 2010 da sua RC212V com resultados promissores e quer fazer ainda mais melhorias no próximo teste de MotoGP que está marcado para Sepang, em Fevereiro.

“Apesar de não estar tudo definido, houve mudanças,” disse. “Vamos ter de continuar a trabalhar nisso na Malásia e também no motor para termos mais controlo na moto. Sinto-me optimista e, é claro, penso que estou melhor que na nossa última corrida em Valência, por exemplo. Temos muito trabalho pela frente e muitas mudanças a fazer antes do início da época, pelo que vamos ter de esperar. Mas estou certo que a direcção que tomámos durante os três dias (de teste em Valência) é a correcta.”

Tags:
MotoGP, 2009, Andrea Dovizioso, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›