Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bautista continua adaptação à Suzuki no Estoril

Bautista continua adaptação à Suzuki no Estoril

O estreante espanhol do MotoGP levou a cabo mais três dias de testes aos comandos da GSV-R, desta feita em Portugal e com a companhia do piloto de testes oficial da Suzuki Nobuatsu Aoki.

A adaptação de Álvaro Bautista à categoria rainha depois de ter deixado as 250cc continuou esta semana com o espanhol a levar a cabo a segunda sessão de trabalho aos comandos do protótipo de fábrica da Suzuki.

Tendo tido o primeiro contacto com a máquina de 800cc durante o teste pós temporada de Valência, no início deste mês, Bautista viajou até ao Circuito do Estoril com Aoki para passar mais tempo em pista em Portugal com a equipa Rizla Suzuki a recolher mais dados importantes antes do início da época de 2010.

Bautista completou mais de 200 voltas ao longo dos três dias de testes e teve a oportunidade de rodar sob várias condições climatéricas, incluindo chuva, céu nublado e sol, mas sempre com temperaturas baixas. O espanhol analisou algumas das novas especificações de componentes do motor da GSV-R, bem como aerodinâmica e o sistema de escape da Akrapovic.

Aoki continuou com o programa de testes iniciado por Loris Capirossi em Valência, avaliando novas pelas antes da paragem de Inverno.

“São dois os motivos que deixam a Suzuki muito contente por ter realizado este teste – primeiro porque representou importante oportunidade para o Álvaro passar mais tempo na GSV-R, em segundo lugar porque o Nobu teve a possibilidade de fazer importantes testes numa pista de GP fora do Japão,” explicou o Director Desportivo da Suzuki Paul Denning. “Ninguém na Suzuki, ou na equipa, tem ilusões quanto ao acréscimo de prestação que é necessário na GSV-R para 2010 e, apesar dos aspectos testados não terem sido muito diferentes, ajudaram muito para que o conjunto geral seja muito mais forte quando voltarmos com a nova moto em Fevereiro, em Sepang.”

Bautista, que no final do ensaio rodou de forma consistente em 1m38,5s, deixou Denning contente com a prestação.

“O Álvaro foi impressionante ao longo destes três dias de testes e completou 212 voltas sem qualquer erro,” disse Denning. “O ritmo dele no final do teste era muito respeitável, especialmente tendo em conta que estavam apenas duas motos em pista. Com as temperaturas mais frescas e a quantidade de borracha na pista as condições não eram tão boas como no fim-de-semana de corrida no mês passado. Ele já se dá muito bem com a equipa e está a fazer uma abordagem tranquila.”

A equipa está agora de olhos postos no próximo teste na Malásia, em Fevereiro, como Denning revelou: “Agora vamos ter muito tempo até ao Loris e o Álvaro voltarem a testar. Gostávamos muito que o Loris tivesse estado connosco no Estoril, mas estamos contentes por termos tido esta oportunidade para encontrarmos o caminho a seguir enquanto a Suzuki continua a esforçar-se para ser competitiva em 2010.”

Tags:
MotoGP, 2009, Alvaro Bautista, Rizla Suzuki MotoGP

Outras actualizações que o podem interessar ›