Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Equipas progridem ao sol de Valência

Equipas progridem ao sol de Valência

O primeiro dia de testes no Circuito Ricardo Tormo, em Valência, terminou com várias equipas de Moto2 a rodarem com os seus protótipos em desenvolvimento.

Com o sol de Inverno na pista espanhola os preparativos de várias equipas da nova categoria Moto2 tiveram continuidade no primeiro dos dois dias de ensaios de Valência.

Entre os que participaram estiveram a BQR, Italtrans STR, Tech 3, Mapfre Aspar e Pons Kalex, com as equipas a tentarem tirar o máximo partido de mais uma oportunidade para levarem a cabo o desenvolvimento das suas montadas.

Raffaele de Rosa, pela Tech3, e Sergio Gadea, pela Pons Kalex, estrearam-se ambos aos comandos de máquinas de Moto2 e a estrutura Aspar deu continuidade ao seu primeiro teste de pista que teve lugar há algumas semanas com um protótipo BQR. Mike di Meglio e Julián Simón tiveram mais tempo para se acostumarem ao funcionamento da 600cc a 4 tempos.

Trabalhando de forma incansável entre as 11h00 e as 16h00, o Campeão do Mundo de 125cc Simón rodou de forma consistente no 1m38s, estabelecendo como melhor tempo a marca de 1m37,91s ao longo das 63 voltas que efectuou. Di Meglio ultrapassou os problemas com as mudanças e travões frontais da sua máquina, que lhe reduziram o tempo em pista, levando a cabo apenas 50 voltas e registando um crono de 1m39,3s no final do dia.

Di Meglio fez algumas alterações ao chassis da sua moto perto do final, o que resultou em ligeiras melhorias e tanto ele, como Simón vão continuar o trabalho na quinta-feira.

“Hoje progredimos com a afinação da moto. A verdade é que é tudo novo, mas passo a passo temos vindo a melhorar e avaliando as sensações que tenho com o chassis,” disse Simón. “Tivemos dúvidas se teríamos vibrações, como da última vez que testámos aqui, mas senti-me confortável ao longo da maior parte da sessão. Trabalhámos principalmente no garfo frontal para ganharmos confiança na travagem e perto do final usámos um pneu mais macio que nos permitiu bons tempos. É o primeiro teste oficial que faço e estou muito contente com as sensações da 4 tempos. Ainda podemos melhorar em curva, mas estou satisfeito com o progresso que estamos a fazer.”

O companheiro de equipa Di Meglio disse: “Hoje foi um pouco complicado porque tivemos alguns problemas com as mudanças de velocidades e travões. Melhorámos isso de forma lenta, mas ficámos sem tempo no final do dia. Com o chassis senti menos conforto que na última vez que testei aqui com a Moto2, mas penso que podemos continuar a evoluir amanhã depois do que encontrámos ao final do dia de hoje. Na última sequência de hoje fui para a pista com nova configuração de chassis e consegui melhorar os meus tempos. Ainda estão longe de serem bons, pelo que não podemos descansar. Espero que o bom tempo continue amanha e que possamos continuar a trabalhar para melhorar a compreensão da Moto2.”

Tags:
250cc, 2009

Outras actualizações que o podem interessar ›