Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Poncharal contente com teste da Moto2

Poncharal contente com teste da Moto2

O patrão da Tech3 ficou muito contente com o primeiro teste da nova Moto2 em França.

Hervé Poncharal ficou muito contente com a estreia em pista do protótipo de Moto2, máquina com que a Tech3 vai alinhar na primeira época da classe no Campeonato do Mundo no próximo ano. A satisfação de Poncharal surgiu depois do teste levado a cabo no início desta semana em Ledenon.

Com o piloto gaulês Florian Marino a avaliar a moto em França, a Tech3 teve a oportunidade de afinar arestas antes do piloto oficial Raffaele de Rosa rodar pela primeira vez com a moto no teste da próxima semana em Valência.

“Estou muito contente com este primeiro teste,” disse Poncharal ao motogp.com. “O piloto puxou um pouco, deu-nos várias respostas e ficou muito contente. O Florian diz que é muito mais próxima de uma 125cc de Grande Prémio do que de uma 600cc de produção porque é tudo muito mais duro, o chassis é mais rígido, mas é uma boa moto de corridas e um bom protótipo.”

“Fizemos a rodagem do motor, mas não conseguimos fazer muitas voltas porque tivemos problemas numa ligação de terra. Resolvemos o problema rapidamente e decidimos rodar mais um dia num circuito próximo e correu muito bem. O tempo estava frio e seco, pelo que conseguimos fazer várias voltas sem problemas e tentámos trabalhar para compreender o funcionamento do chassis, suspensão e todo o resto.”

O próximo passo para a Tech3 será o teste de Valência de 9 e 10 de Dezembro, onde Poncharal espera clarificar ainda mais o caminho a seguir com o desenvolvimento da moto.

“O propósito deste teste foi atingido; a moto está a funcionar perfeitamente bem,” continuou. “É claro que as coisas serão muito diferentes em Valência. Já teremos dia e meio de testes feito quando chegarmos a Valência e algumas das outras equipas já terão muito tempo de pista. Assim, vamos poder comparar-nos com os outros pela primeira vez. Contudo, nem todos estão a usar o mesmo motor, pelo que pode haver grandes diferenças nessa matéria.”

“Queremos comparar-nos com outras equipas de Moto2 e ouvir o que o Raffaele de Rosa pensa sobre a moto depois do seu primeiro testo. Esperamos não precisar de fazer muito e que a moto esteja mesmo bem preparada, mas ele pode apontar alguns pontos fracos que teremos de modificar para o próximo teste. Temos a segunda moto quase pronto, pelo que no teste seguinte trabalharemos com o De Rosa e o (Yuki) Takahashi.”

Poncharal está à espera de ver os resultados de Valência antes de fazer planos mais sólidos para novos testes e acrescentou: “Há muitas datas que nos foram apresentadas em Albacete e outras pistas, pelo que o próximo teste será com os nossos dois pilotos oficiais. Queremos apenas esperar e ver o que acontece em Valência para decidirmos se testamos de novo em breve, ou se precisamos de tempo para preparamos algo com menos pressão. Não será antes de 10 de Janeiro.”

Tags:
250cc, 2009

Outras actualizações que o podem interessar ›