Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Smith e Cortese dão passo em frente

Smith e Cortese dão passo em frente

O inglês e o alemão causaram grande impressão ao longo da época e terminaram o Campeonato do Mundo de 125cc de 2009 como dois dos apenas quatro não espanhóis a ficarem dentro dos dez primeiros.

O domínio dos espanhóis na 125cc foi claro em 2009 com quatro a comporem a lista dos cinco melhores, mas houve prestações impressionantes por parte de Bradley Smith e Sandro Cortese que garantiram a presença do britânico e do germânico nos dez primeiros.

Lutando pelo título este ano, Smith terminou a quarta época na categoria como vice-Campeão do Mundo atrás de Julián Simón, que foi o seu companheiro de equipa na Bancaja Aspar em 2009. O jovem de 19 anos pressionou o eventual Campeão ao longo de toda a campanha, enquanto Cortese provou ser um apto substituto do Campeão do Mundo de 2008 Mike di Meglio na Ajo Interwetten.

Na sua primeira temporada com a Bancaja Aspar Smith apreciou o potencial que lhe faltou para ir além de sexto em 2008. Duas vitórias e mais sete pódios foram os pontos altos de uma época bem sucedida, com a primeira vitória no Campeonato do Mundo a surgir em Jerez, na terceira corrida do ano, e a ser um claro sinal do que estava para vir. Seis pódios consecutivos nas últimas seis corridas do ano levaram a forte final de temporada por parte de Smith e a suas lutas com Simón na Austrália, Malásia e Valência causaram ainda mais sensação.

Visto agora como forte favorito ao título de 2010, o piloto de Oxford foi também um dos apenas três pilotos – Andrea Iannone e Simón a serem os outros – a vencer uma corrida vindo da pole, na jornada de Itália.

Cortese, na quinta temporada completa no Campeonato do Mundo, também teve a melhor época até ao momento. Assinando o primeiro pódio na corrida de abertura do ano no Qatar, o alemão respondeu à fé nele depositada pela formação finlandesa com mais dois resultados nos três primeiros: no Estoril, onde lutou com Pol Espargaró pela vitória, e em Phillip Island.

A primeira pole da carreira surgiu em Assen e foi mais um importante sinal das capacidades de Cortese e o jovem de 19 anos vai continuar o seu desenvolvimento aos comandos de uma Derbi da Ajo Interwetten no próximo ano.

Tags:
125cc, 2009, Bradley Smith, Sandro Cortese, Bancaja Aspar Team 125cc, Ajo Interwetten

Outras actualizações que o podem interessar ›