Compra de bilhetes
VideoPass purchase

GPE: Um projecto ambicioso para a Moto2

GPE: Um projecto ambicioso para a Moto2

A companhia espanhola vai expandir a sua presença no CEV Buckler 2010 ao fornecer motos e peças a várias equipas e em 2011 pode mesmo entrar para o Campeonato do Mundo.

A GPE participou no CEV Buckler deste ano sob o nome AJR La Selva e anunciou agora os planos de fornecer motos e peças a equipas que competem no Campeonato de Espanha em 2010. Os responsáveis na GPE dizem que receberam encomendas significativas por parte de outras formações e planeiam desenvolver também a presença na nova classe de Moto2.

“De momento corremos com duas motos no CEV Buckler; a moto de fábrica do Daniel Arcas e a do Pablo Barrios. Além disso, temos sete encomendas e se tudo correr bem serão entregues no final deste ano, início do próximo,” explicou Pepe Pardo, Director de Organização e Desenvolvimento da GPE.

“O nosso principal objectivo é fazer motos para os nossos clientes, desenvolver a nossa moto no CEV e ter uma moto no nível de topo. Com a nossa capacidade de produção podíamos ter 15 ou 20 motas no CEV em 2010. É um objectivo razoável e esperamos chegar lá. Acreditamos que o mais importante é que a moto funciona bem e já o demonstrámos. Também o fazemos a um custo muito competitivo e usamos toda a nossa experiência; são estas as nossas forças.”

Olhando para o futuro, o objectivo da GPE incorpora ainda uma mudança para o Campeonato do Mundo.

“O nosso projecto imediato é fazer motos para o CEV, mas seria um grande benefício competir no Campeonato do Mundo,” disse Pardo. “A nossa ideia é estabelecermo-nos no Campeonato de Espanha, demonstrar o potencial da moto e construir sólida base de patrocinadores para podermos tentar participar na Moto2 em 2011 com uma equipa séria e possibilidade de sucesso.”

Tags:
250cc, 2009

Outras actualizações que o podem interessar ›