Compra de bilhetes
VideoPass purchase

FIM detalha alterações de regulamento para 2010

FIM detalha alterações de regulamento para 2010

Um comunicado divulgado pela FIM na sexta-feira explica algumas das alterações acordadas pela Comissão de Grandes Prémios e que entram em efeito na campanha de 2010 de MotoGP.

A Comissão de Grandes Prémios, composta pelo CEO da Dorna Sports Carmelo Ezpeleta, Claude Danis (FIM), Hervé Poncharal (Presidente da IRTA) e Takanao Tsubouchi (MSMA), na presença de Vito Ippolito (Presidente da FIM), Ignacio Verneda (Director Desportivo da FIM), Javier Alonso (Dorna Sports) e Paul Butler (Secretário da reunião) decidiram por unanimidade numa reunião de 11 de Dezembro introduzirem alterações específicas ao Campeonato do Mundo de MotoGP.

Como divulgado em Dezembro, uma das principais alterações aceites pela Comissão foi ao aumento da capacidade máxima do motor para 1000cc no MotoGP a partir de 2012. Hoje, num novo comunicado, a FIM detalhou outras regras que foram alvo de decisões no encontro de Dezembro e que passarão a entrar em efeito em 2010.

Na classe de MotoGP, os treinos por pilotos contratados para a classe de MotoGP são proibidos durante a época e paragens em qualquer circuito incluído no calendário de Grandes Prémios desse ano, com as seguintes excepções:

Treinos incluídos no programa dos eventos;
Treinos durante o dia imediatamente seguinte ao Grande Prémio de Espanha (Jerez) e ao GP da República Checa (Brno) e durante os dois dias imediatamente seguintes ao último GP do ano (Valência);
Qualquer actividade autorizada pela Direcção de Corrida.

Treinos por pilotos contratados e com máquinas elegíveis para a classe de MotoGP também estão proibidos durante o Inverno em qualquer circuito com as seguintes excepções:

Num máximo de seis dias de testes oficiais organizados pela Dorna/IRTA em circuitos de Grandes Prémios incluídos nos calendários do ano anterior e seguinte. Nenhum teste é permitido durante o período a partir de 1 de Dezembro de um ano e até 31 de Janeiro do ano seguinte, ambas as datas incluídas, com a excepção dos pilotos “Estreantes” que estão autorizados a um teste de três dias durante os meses de Novembro e Dezembro.

O programa de testes de Inverno tem de ser aprovado pela Comissão de Grandes Prémios.

Esta decisão foi tomada durante a Comissão de Grandes Prémios de 7 de Novembro, em Valência.

Nas 125cc e Moto2, os pilotos wild card não são alvo das restrições que se aplicam aos pilotos contratados nestas categorias. Até esta decisão, os pilotos wild card não podiam treinar ou correr em qualquer circuito de Grande Prémio nos 14 dias que antecedem a corrida.

A Comissão de Grandes Prémios acordou também algumas alterações ao Código Médico, no que toca ao requisitos médicos mínimos por evento.

O serviço médico é composto por equipamento, veículos e pessoal que tem de ser organizado de forma e em número suficiente para garantir que um piloto lesionado pode receber o tratamento de emergência necessário e apropriado, com um atraso mínimo e com o objectivo de facilitar uma transferência rápida para mais tratamentos em centro medicamente equipado ou para um hospital com as valências necessárias para responder a leões ou doenças, caso tal seja necessário.

Outras mudanças que entram em efeito em 2010 dizem respeito ao Procedimento de Partido e Código de Arbitragem e Disciplinar, todas elas disponíveis aqui.

Tags:
MotoGP, 2010

Outras actualizações que o podem interessar ›