Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os estreantes de 2010 do MotoGP: Marco Simoncelli

Os estreantes de 2010 do MotoGP: Marco Simoncelli

O Campeão do Mundo de 250cc de 2008 vai fazer parte da formação totalmente italiana da San Carlo Honda Gresini ao lado de Marco Melandri na próxima época.

Marco Simoncelli chega ao MotoGP na próxima temporada após duas positivas épocas nas quarto de litro e o seu arrojado estilo de pilotagem vai certamente fazer com que o ano da categoria rainha seja ainda mais excitante.

O italiano estreou-se em 2002 na República Checa, mas só no ano seguinte levou a cabo a primeira temporada completa no Campeonato do Mundo de 125cc. A segunda campanha a tempo inteiro na classe trouxe-lhe a primeira vitória, logo na segunda corrida do ano, com chuva e desde a pole em Jerez, concluindo o ano em 11º.

No ano seguinte foi quinto da geral após mais uma vitória – de novo em Espanha – e seis pódios, o que lhe valeu a subida às 250cc em 2006.

Resultados sucessivos nos dez primeiros nas duas primeiras épocas na categoria intermédia deram a Simoncelli tempo para se ajustar e no terceiro ano nas quarto litro, a memorável época de 2008, sagrou-se Campeão do Mundo. Desistências nas duas primeiras corridas foram seguidas pelo terceiro posto em Portugal, o que foi o seu primeiro pódio nas 250cc, e foi a partir desse momento que a sua temporada começou. O GP caseiro, em Itália, foi o palco do primeiro triunfo, somando depois mais cinco. O terceiro lugar na penúltima corrida do ano, na Malásia, foi o bastante para selar o ceptro de 2008.

Por entre especulação de uma mudança para o MotoGP, Simoncelli continuou nas 250cc para defender o ceptro e a temporada de 2009 foi cheia de acontecimentos. Seis vitórias ao longo do ano não foram o suficiente para evitar a conquista da coroa por parte de Hiroshi Aoyama, mas foi apenas após uma dramática batalha que o nipónico garantiu o título. A Malásia viu a dupla lutar entre si de forma magnífica e a queda de Simoncelli quando liderava a última corrida em Valência deu lugar a um final de ano desapontante, terminando a temporada em terceiro.

O compatriota italiano Fausto Gresini foi o homem que se chegou à frente para dar a Simoncelli a oportunidade de correr no MotoGP e o jovem de 22 anos começou o desenvolvimento da Honda da San Carlo em Valência, em Novembro, com um segundo ensaio em Sepang pouco antes do Natal.

Tags:
MotoGP, 2010, Marco Simoncelli

Outras actualizações que o podem interessar ›