Compra de bilhetes
VideoPass purchase

GP10 com avaliação positiva de Stoner enquanto Hayden continua recuperação

GP10 com avaliação positiva de Stoner enquanto Hayden continua recuperação

Os pilotos da Ducati Marlboro teceram os seus comentários depois do primeiro dia do segundo teste de Sepang, onde Casey Stoner foi o segundo mais rápido.

O motor da nova Ducati Desmosedici GP10 está a desenvolver-se a um ritmo que deixa Casey Stoner muito contente depois do primeiro dia do segundo teste no Circuito Internacional de Sepang, nesta quinta-feira.

O australiano assinou a segunda melhor volta do dia (2m01,219s e 33 voltas) com o protótipo, ficando a 0,151s de Valentino Rossi. Stoner está muito contente com a forma como a moto está a progredir e acredita que ainda tem muito mais para dar.

“Foi tudo muito positivo e demos um grande passo em frente em relação ao último teste. É claro que as condições da pista estavam muito melhor que da última vez que testámos aqui,” disse Stoner. “De forma geral a moto esteve muito boa desde o início. Não mudámos muita coisa, testámos muitas coisas diferentes nas duas motos, mas no final voltámos àquilo com que começámos e a moto está muito bem equilibrada. Está a funcionar bem e até podíamos ter sido um pouco mais rápidos hoje, mas é evidente que temos alguma reserva, pelo que de momento estou muito contente.”

O novo motor da GP10 está a dar particular prazer a Stoner, e ele continuou: “O chassis é muito similar ao do ano passado e estamos apenas a experimentar diferentes níveis de rigidez no braço oscilante, mas as características do motor são muito mais suaves, pelo que é muito mais fácil de pilotar e estou a sentir que se porta muito melhor com menos aderência. Tentámos melhorar em relação à moto do ano passado e tornar a moto um pouco mais fácil em todos os circuitos, em vez de ser uma máquina muito especializada. Para a mim a moto está a funcionar de forma muito mais fácil e muito boa nos travões.”

O companheiro de equipa Nicky Hayden fez 61 voltas com um melhor tempo de 2m02,221s, e enquanto o americano queria rodar mais rápido, ele sabe que a operação ao braço de há três semanas implica alguns cuidados.

“Começámos por confirmar algumas coisas do último teste, afinações de geometria, nada de mais de momento. Estamos apenas a tentar verificar tudo e garantir que estamos a rodar bem,” disse Hayden.

“Esta manhã não fiquei muito contente com a forma como as coisas correram — gostava de ter sido um pouco mais rápido. Infelizmente, depois da operação ao braço tenho de ter cuidado e não me entusiasmar demais, tenho de fazer apenas algumas voltas de cada vez e garantir que sara. Sinto-me bem — a força é o principal, mas não tenho muitas dores.”

Tags:
MotoGP, 2010, Nicky Hayden, Casey Stoner, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›