Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Trabalho na máquina de Moto2 de Karel Abraham a correr bem

Trabalho na máquina de Moto2 de Karel Abraham a correr bem

Resultados positivos no teste oficial de Valência fazem com que o piloto da Cardion AB Motoracing se sinta muito optimista com a moto antes do segundo ensaio em Jerez, durante o fim-de-semana.

O primeiro teste do motor Honda no primeiro ensaio oficial do ano de Moto2 em Valência, nesta semana, deixou Karel Abraham com uma “impressão muito positiva” enquanto se prepara para continuar o seu trabalho em Jerez neste fim-de-semana.

O piloto checo ficou muito contente com a forma como correram os dias de segunda e terça-feira no Circuito Ricardo Tormo, em Valência, com o motor oficial Honda, e também completou algum trabalho muito produtivo em outros pontos do chassis RSV.

“A minha impressão é muito boa porque gosto da moto. Temos muito trabalho a fazer, o que já sabíamos desde o teste privado de Barcelona. Tivemos de reparar a carenagem e acertar a moto com muitos mapeamentos novos e diferentes afinações de suspensão. Tivemos muito trabalho a fazer nestes dois dias, mas penso que fizemos muito, pelo que estamos contentes,” explicou Abraham no vídeo que o motogp.com aqui lhe apresenta.

“O primeiro e segundo dias foram bons. Também estou muito contente por termos feito muitas voltas com tempos consistentes — isto é claramente bom para nós. Penso que é bom (o novo motor); usei os meus motores antes do teste oficial e este é um pouco mais potente. Não é um 2 tempos, é muito diferente, pelo que temos de nos acostumar a ele.”

Abraham ruma agora a Jerez para o segundo teste, marcado para 6 a 8 de Março, antes de voltar a Jerez de 27 a 29 de Março para o último ensaio oficial antes do início da época no Qatar a 11 de Abril.

“Vamos melhorar para a temporada, temos de tentar o nosso melhor para afinarmos a moto o melhor possível para todas as pistas. Tenho de dar as melhores respostas possíveis aos meus mecânicos para tornarem a moto perfeita,” disse Abraham.

Ele acrescentou: “Creio que é muito cedo para estabelecer uma meta para mim para esta época porque não sei como é que os outros pilotos vão estar, quão rápidos estarão. A época vai claramente ser muito difícil, mas não sei quão duro será para mim, pelo que temos de esperar para ver depois de duas ou três corridas e depois poderei traçar os meus objectivos.”

Tags:
Moto2, 2010, Karel Abraham, Cardion AB Motoracing

Outras actualizações que o podem interessar ›