Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Jorge Lorenzo: “Estou sempre confiante em relação a mim e à moto”

Jorge Lorenzo: “Estou sempre confiante em relação a mim e à moto”

O piloto da Fiat Yamaha sabe que vai iniciar a época em desvantagem devido à lesão de pré-época na mão, mas está certo que o Teste do Qatar lhe vai dar a oportunidade de recuperar algum do tempo perdido antes do início da época e está desejoso pela primeira corrida.

A pré-época de Jorge Lorenzo foi afectada por um acidente de treino no início de Fevereiro que resultou numa fractura no polegar direito, mas o espanhol está presente no Teste do Qatar e está pronto para tirar o máximo partido da oportunidade de rodar com o seu protótipo M1 antes do início da temporada a 11 de Abril.

A lesão obrigou o piloto de 22 anos a falhar o segundo Teste de Sepang e teve de correr contra o tempo para estar apto a rodar no Circuito Internacional de Losail no teste nocturno que começa hoje (quinta-feira).

Lorenzo está contente por estar de volta à acção e vai contar com uma protecção especial em fibra de carbono e uma luva Dainese modificada durante os dois dias para o ajudar a tirar o melhor partido da sessão de trabalho. Ele começou precisamente por explicar o que aconteceu no acidente que levou à lesão.

“Esta a rodar no antigo rancho do Kenny Roberts, onde há agora uma grande pista de terra, e estava a andar no asfalto. Todos disseram que me lesionei a fazer Motocross, mas não é verdade! Lesionei-me no asfalto numa mini-moto e a pista era muito apertada — estávamos a rodar com vários pilotos e cometi um erro no meu ponto de travagem. A roda frontal fugiu e parti o dedo,” disse Lorenzo antes de falar de como o tempo de paragem forçada o pode afectar para o resto da época.

“Comparando com outros pilotos muito, porque este ano temos muito poucos testes, apenas três. Falhei um e farei apenas dois, talvez nem isso porque ainda não estou a 100%, se calhar um e meio! Não estarei ao mesmo nível que a maioria dos pilotos, mas foi melhor ter acontecido dois meses antes do início do Campeonato que na semana anterior ao arranque.”

Apesar de chegar ao Qatar com a mão ainda a sarar, Lorenzo sente que o tempo em pista ainda será uma preparação valiosa. Ele continuou: “Sim, estou sempre confiante sobre mim e sobre a moto. Penso que as lesões só nos fazem mais maduros, pensar mais e temos de aprender com estas lesões e tornarmo-nos mais fortes.”

“A mão está a melhorar todos os dias. Sinti grandes melhorias ao cabo de apenas três dias e agora não tenho tantas dores quando uso a mão. Por isso, as coisas estão mais fáceis a cada dia que passa, mas é certo que vai ser difícil rodar com a moto. Vamos ver o que acontece!”

Questionado sobre se a lesão vai afectar este Teste, Lorenzo disse: “Não sei. Talvez lute um pouco mais e só consiga estar a dez segundos do melhor tempo, ou posso ficar mais próximo; não sei. Veremos na quinta-feira. Vou rodar, fazer voltas e recuperar a condição física e conhecimento da máquina de MotoGP.”

Olhando para a primeira corrida da época na mesma pista a 11 de Abril Lorenzo disse o que pensa da forma como pode começar o Campeonato do Mundo de 2010.

“Em teoria, pior que no ano passado,” disse. “Mas tenho mais um ano de experiência, pelo que em teoria posso estar mais preparado. É claro que esta lesão nos vai travar um pouco, mas o Campeonato é muito longo e temos de ter paciência e continuar a trabalhar.”

Tags:
MotoGP, 2010, Jorge Lorenzo, Fiat Yamaha Team

Outras actualizações que o podem interessar ›