Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner destaca-se com o aproximar das últimas horas

Stoner destaca-se com o aproximar das últimas horas

O piloto da Ducati Marlboro estava, pelas 22 horas locais, a um décimo de segundo do tempo que lhe deu a pole no traçado de Losail em 2009, isto enquanto foram já vários os pilotos a irem ao chão — incluindo o australiano — na segunda noite.

Casey Stoner respondeu à prestação de Valentino Rossi no Qatar assumindo a liderança da tabela de tempos e pelas 22 horas o australiano estava com uma vantagem de pouco mais de meio segundo sobre o Campeão do Mundo depois de assinar um tempo de 1m55,353s no Circuito Internacional de Losail.

Depois de ter conseguido o seu melhor tempo Stoner sofreu uma queda na Curva 2, o mesmo local onde a dupla da Monster Yamaha Tech3, Colin Edwards e Ben Spies, e o seu companheiro de equipa na Ducati, Nicky Hayden, foram ao tapete (por esta ordem) nas últimas duas horas. Marco Melandri, da San Carlo Honda Gresini, também foi vítima do mesmo azar, na Curva 6, mas a verdade é que todos saíram ilesos.

Atrás de Stoner na tabela de tempos está Rossi com a sua Fiat Yamaha a ,0507s. O italiano está a testar os novos pneus Bridgestone e a dar continuidade ao trabalho com a electrónica, enquanto Andrea Dovizioso, da Repsol Honda, atingiu uma das suas metas: rodar abaixo do segundo 56. O transalpino é, até ao momento, o terceiro melhor e o último piloto a rodar no segundo 55 nesta sessão.

Hayden ficou a quase oito décimos de segundo da marca do companheiro de equipa enquanto continuou a tentar encontrar conforto com os pneus macios na sua Desmosedici. Já Loris Capirossi e Jorge Lorenzo completam a lista dos seus primeiros às 22 horas locais. O piloto da Rizla Suzuki está a avaliar variações do chassis e braço oscilante, enquanto Lorenzo está a centrar-se não apenas no conforto físico, mas também na afinação para a primeira corrida do ano que terá lugar no mesmo traçado.

Randy De Puniet (LCR) é, até ao momento, o segundo melhor da noite entre os pilotos Honda, com Spies a ser seguido pelo também estreante Álvaro Bautista (Rizla Suzuki), este a testar o mesmo braço oscilante que o companheiro de equipa Capirossi. Mika Kallio (Pramac Racing) completava às 22 horas locais a lista dos dez primeiros e está a trabalhar no mapeamento do motor e suspensão traseira da sua GP10.

Tags:
MotoGP, 2010

Outras actualizações que o podem interessar ›