Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Última sessão ganha forma com Rossi de novo na frente

Última sessão ganha forma com Rossi de novo na frente

Pelas 20 horas locais a última sessão do Teste do Qatar contava já com duas horas de trabalho e as equipas e pilotos estão a cumprir com os seus programas.

Já com um terço da última sessão nocturna do Teste do Qatar decorrida os 17 pilotos de MotoGP continuam a trabalhar arduamente para cumprirem os seus atarefados programas com o objectivo de prepararem os seus protótipos a tempo para a corrida de abertura da época neste mesmo traçado dentro de três semanas.

Valentino Rossi, que marcou o ritmo ontem, é, até ao momento, o mais rápido com um tempo de 1m55,860s enquanto continua a trabalhar na sua Fiat Yamaha M1 e com Casey Stoner a pouco mais de seis centésimos de segundo do italiano. O australiano da Ducati Marlboro deparou-se com pequeno problema no travão traseiro no final da sessão de ontem, algo que parece ter sido resolvido dado estar outra vez a rodar forte — ele e Rossi são os únicos até ao momento a rodarem abaixo do segundo 56.

Loris Capirossi (Rizla Suzuki) continua a trabalhar nas modificações ao chassis e braço oscilante e é o terceiro melhor ao cabo de duas horas de Teste nesta sexta-feira, com Jorge Lorenzo (Fiat Yamaha) a lutar contra as dores enquanto tenta estar o mais apto possível para o início da campanha de 2010.

A subir de forma gradual até ao topo da tabela de tempos está Nicky Hayden. O homem da Ducati Marlboro está a trabalhar na resolução de um contratempo que o impediu de assinar um bom tempo na primeira sessão com pneus macios. Ele também parece estar a melhorar uma vez que é quinto neste momento com um tempo de 1m56,561s — melhor já que na primeira sessão.

Andrea Dovizioso (Repsol Honda) tem como meta a consistência e bom ritmo e rodava em sexto ao cabo de duas horas de trabalho, a dois centésimos de segundo de Hayden, isto enquanto Randy De Puniet (LCR Honda) e Ben Spies (Monster Yamaha Tech3) estão a menos de um segundo da frente depois de terem estado muito bem na primeira sessão.

O companheiro de equipa de Dovizioso, Dani Pedrosa, tem muito a fazer e encontrou ligeiras melhorias, mas ainda está um pouco mal na tabela de tempos com o nono registo. No fecho da lista dos dez primeiros pelas 20 horas locais estava Colin Edwards (Monster Yamaha Tech3).

Tags:
MotoGP, 2010

Outras actualizações que o podem interessar ›