Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bridgestone recolhe importantes dados do Teste do Qatar

Bridgestone recolhe importantes dados do Teste do Qatar

O fornecedor oficial de pneus de MotoGP forneceu às equipas presentes no Teste Oficial de pré-época os compostos slicks que serão usados na corrida de abertura da temporada em Losail. Valentino Rossi experimentou ainda um frontal experimental.

O último Teste de pré-época no Qatar ofereceu uma última oportunidade às equipas para afinarem as suas montadas antes do início da época a 11 de Abril no Circuito Internacional de Losail, mas representou também a possibilidade dos fornecedores de pneus Bridgestone fazerem rodar os compostos que vão ser usados no primeiro Grande Prémio de 2010.

A Bridgestone apresentou compostos frontais de slicks médios e extra duro e traseiros médios e duros aos 17 pilotos presentes no Teste e a prestação foi boa, apesar das condições exigentes em que se apresentava a pista do deserto.

A areia causou alguns problemas na primeira sessão, na quinta-feira, mas os frontais extra duros e os traseiros duros — ambos compostos mais duros que os apresentados na corrida do ano passado — ajudaram a combater o problema. Mesmo com a pista a ficar mais limpa ao longo das duas noites de trabalho, as especificações mais duras foram as preferidas pela maioria dos pilotos pela maior durabilidade apresentada.

A volta de 1m55,353s, a melhor do Teste assinada por Casey Stoner, foi pouco menos de meio segundo mais rápida que a sua melhor volta da corrida de 2009 e o Director de Desenvolvimento de Pneus da Bridgestone, Tohru Ubukata, ficou muito contente com os resultados recolhidos.

“Durante as duas noites de teste no Qatar vimos condições boas e consistentes que nos permitiram, bem como às equipas, recolher dados sobre todas as especificações de slicks disponíveis que vamos levar para o GP do Qatar,” explicou. “Ambas as opções de slicks frontais e traseiros estão a funcionar bem, se bem que a maioria dos pilotos optou pelas mais duras. As condições da pista melhoraram muito na segunda noite por causa do efeito de limpeza da primeira sessão, mas vimos que a pista ainda não está perfeita; a melhor volta do Casey foi 0,1s mais lenta que o seu tempo de qualificação do ano passado e mesmo no final do teste as opções foram mais para os compostos mais duros pela maior durabilidade porque a pista ainda estava com areia e escorregadia. Mas muitos pilotos completaram tiradas longas e a durabilidade foi boa, o que me deixa contente.”

Outro aspecto interessante no trabalho da Bridgestone no Qatar foi a utilização do novo pneu frontal, em relação ao qual o Campeão do Mundo Valentino Rossi forneceu algumas respostas na noite de sexta-feira.

Ubukata continuou: “Uma vez mais, no Qatar fornecemos um pneu frontal experimentar, se bem que diferente do testado em Sepang. Queria agradecer ao Valentino e à Fiat Yamaha por terem usado este pneu no Qatar e nos terem dado importantes e valiosos dados que nos vão ajudar a escolher a direcção a seguir no futuro com o nosso desenvolvimento de pneus no MotoGP, mas também com os nossos pneus de produção Battlax.”

Tags:
MotoGP, 2010

Outras actualizações que o podem interessar ›