Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Faubel substitui Lonbois na Marc VDS Racing Team

Faubel substitui Lonbois na Marc VDS Racing Team

O espanhol vai estrear-se pela equipa na corrida de abertura da época de Moto2 no Qatar.

A Marc VDS Racing Team tomou a difícil decisão de substituir Vincent Lonbois por Héctor Faubel para a época 2010 do Campeonato do Mundo de Moto2. Faubel vai estrear-se pela equipa na primeira corrida da época que tem lugar este fim-de-semana no Circuito Internacional de Losail, no Qatar.

Lonbois, que foi terceiro no Campeonato da Europa Superstock de 2009, lutou durante os testes de pré-época para se adaptar à Suter MMX Moto2 que vai ser utilizada pela Marc VDS Racing Team no primeiro ano do novo campeonato.

Apesar de extenso programa de ensaios de pré-época, o último teste oficial em Jerez viu Lonbois rodar no fim da tabela de tempos, incapaz de domar a mesma moto que ficou em dois dos quatro melhores lugares da última tabela de cronos. Infelizmente, não houve indicações de que mais tempo de pista levaria a melhorias nos resultados por parte do belga de 19 anos.

Com a Marc VDS Racing Team apostada em estar muito competitiva no Campeonato do Mundo de Moto2 nesta época, a equipa não teve outra opção a não ser substituir Lonbois por um piloto com mais experiência de Grandes Prémios e mais capaz de ajudar Scott Redding no ataque ao ceptro.

Faubel conta com grandes resultados em Grandes Prémios. O jovem de 26 anos natural de Valência foi segundo no Campeonato do Mundo de 125cc de 2007, antes de passar para as 250cc onde, no ano passado, foi nono.

Michael Bartholemy, Director Desportivo:

"Foi óbvio desde os primeiros testes de pré-época que o Vincent estava a lutar para se adaptar à máquina de Moto2 depois de uma carreira em motos de produção. Esperávamos que se adaptasse à moto durante o último teste da IRTA em Jerez, mas os tempos por volta não melhoraram ao longo dos três dias e o Vincent ainda parecia muito desconfortável na moto. Ficou claro para a equipa, e para o próprio Vincent também, que o seu estilo de pilotagem não se coaduna com a nossa Moto2. Substituir o Vincent antes do início da época foi uma decisão difícil, já que somos uma equipa belga e queríamos ter um piloto belga, mas foi a melhor opção para a formação e para o Vincent.”





"Viemos para o Campeonato do Mundo de Moto2 determinados a sermos uma equipa competitiva e isso requer dois pilotos capazes de rodarem na frente das corridas. Acredito que o Héctor, com anos de experiência nos Grandes Prémios, se vai adaptar rapidamente à Suter MMX. Sem o benefício dos testes de pré-época ele vai precisar de algum tempo, é certo, mas espero que esteja ao melhor ritmo quando voltarmos para a Europa para a terceira corrida do ano, o Grande Prémio de Espanha em Jerez."

Marc van der Straten, Presidente da Marc VDS Racing Team:

"A decisão de substituir o Vincent não foi tomada de ânimo leve. Como equipa belga o nosso objectivo era termos um piloto belga na nossa moto no Campeonato do Mundo de Moto2. Esperávamos ver o nosso sonho concretizado esta temporada, mas não será assim. O Vincent trabalhou muito nos testes para se adaptar à Moto2, mas não conseguiu. Estou certo que ele será o primeiro a admitir que iria lutar muito para ser competitivo este ano e, para um piloto, é isso é algo difícil de aceitar. Como equipa, viemos para o campeonato determinados a garantir bons resultados. O Scott Redding mostrou que a moto é competitiva, mas agora precisamos de um segundo piloto capaz de puxar por ele nas corridas. O Héctor vem muito bem recomendado e, espero, vamos vê-lo a desafiar o companheiro de equipa na frente das corridas muito em breve. É também evidente que desejamos a melhor sorte ao Vincent no passo que escolher dar em seguida com a sua carreira."

Comunicado de imprensa cortesia da Marc VDS Racing Team

Tags:
Moto2, 2010, Vincent Lonbois, Marc VDS Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›